Video: Policial arremessa ao chão mulher idosa empunhando faca, quase causando tumulto

21/08/2009

http://www.prisonplanet.com/video-cop-bodyslams-knife-wielding-elderly-woman-nearly-causing-riot.html

C. Stephen Webster
Raw Story
Segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Na noite do dia 1 de agosto no Walmart de Whitehall em Ohio, Virginia Dodson não conseguia se lembrar porque que ela estava sentada sozinha em um carro.Sentindo-se apertada em um ambiente fechado, ocorreu-lhe também que ela não sabia como desatar o seu cinto de segurança.O pânico começou a tomar conta dela.

Sua solução foi arranjar uma faca de carne e cortar as presilhas, enfim encontrando seu caminho para o confuso mundo do estacionamento, ainda empunhando a lâmina.

Virgínia, uma afro-americana de 84 anos de idade, tem o mal de Alzheimer.Como muitos outros pacientes, a responsabilidade de cuidar dela caiu para a sua filha adulta.Sua filha, no entanto, estava dentro da loja.

Passou apenas um pequeno intervalo de tempo antes que a polícia fosse chamada.

Como ela andava sem destino pelo estacionamento chamando o nome da sua filha, ela foi abordada por uma agente policial branca, que lhe ordenou claramente para largar a arma.Ela não largou.

O que aconteceu depois foi capturado em vídeo e enviado naquela mesma noite para o YouTube pelo usuário “mainetaine187,”que fala para a câmera a medida que o incidente se intensifica, ” Nós conseguimos obter imagens autênticas desta merda, haha!”

Assista:

Uma testemunha do incidente, uma certa Tomya Beatty, citada pela estação afiliada local da NBC, disse: “Ela nem sequer pediu-lhe para largar a faca. A mulher falou com a policial quando ela chegou investindo contra ela. Ela disse: ‘Eu não vou cortar você. Eu não vou cortar você.’ Ela estava apenas gritando pelo nome da filha. “

Enquanto o vídeo contradiz a afirmação de Beatty de que a agente não disse nada sobre a faca, o uso da força contra uma mulher obviamente frágil, é evidente.A medida que o vídeo avança, uma barulhenta discussão cresce ao redor dos agentes assim que a confusa senhora deita-se no chão, sangrando.

Beatty, novamente citado pela NBC, disse: ” Estava prestes a acontecer um tumulto na frente do Walmart …”

Outra suposta testemunha, usuária do YouTube “MisssBoo76”, escreveu que a mulher estava ” balançando uma faca entre as pessoas, quando a polícia chegou ela não largou a faca, então a policial derrubou-a, a senhora também atacou uma criança atingindo-a, o que provocou a multidão de pessoas lá fora de qualquer maneira … “

Durante o vídeo, um agente policial pode ser ouvido gritando entre a multidão: “Nós não vamos machucá-la! Para trás! ” Momentos depois, um homem não visto pergunta,” O que você faria se alguém atirasse com força a sua mãe no chão? “

O narrador acrescenta: “Agente Fullerton do Departamento de Polícia de Whitehall.” Ele pegou um telefone e chamou alguém, então prosseguiu: “Sim, estou aqui fora … aqui sentado assistindo estes policias baterem em uma velhinha de 80 anos, cara. É, sabe que isso vai para o noticiário desta noite, mano. Eu consegui as imagens do noticiário.

“A filha de Dotson disse sua mãe precisou levar pontos para fechar as feridas e sua mão pode ter sido quebrada,” acrescentou NBC4i.

A polícia desistiu de apresentar queixa contra a mulher, que foi liberada para ficar novamente sob a tutela da filha.

“O que é me chocou, visto que é óbvio que a agente policial (provando não ser uma questão relativa ao sexo) foi forte o suficiente para derrubá-la com facilidade, porque não somente apanhar a faca da mão dela como alternativa?” Perguntou o blogueiro do San Francisco Chronicle zennie62.

Ele continuou: “Para mim, agentes policiais supostamente são treinados para serem super humanos no julgamento não apenas na força.Sim, eu sei que o que eles fazem é perigoso, mas a tarefa não tem que ser ingrata.Em algum lugar ao longo do percurso, reincindindo no erro de profundos gastos na educação a longo prazo e com a diminuição das horas de lazer, nós produzimos uma sociedade de pessoas impacientes para estudar as circuntâncias, e em seguida, reagir de uma forma não-violenta. “

O homem responsável por este fato virar notícia, usuário do YouTube mainetaine187, opina da descrição do vídeo, ” Acho que foi usada força em excesso.”

Mas, ele conclui, ” Você é o juiz … ..”

 


Cientistas da Computação divulgam nova técnica de “hackear” as máquinas de votação alterando votos com sucesso

17/08/2009

David Edwards e John Byrne
Raw Story
Quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Uma equipe de cientistas da computação na Universidade da Califórnia, San Diego, das Universidade de Michigan e Princeton anunciaram uma nova maneira de roubar votos eletronicamente nesta segunda-feira.

“Queríamos descobrir se um criminoso real poderia fazer isso, começar do zero, sem acesso ao código fonte ou outras informações técnicas muito bem guardadas”, o apresentador começa.”Enfrentamos vários desafios: obter uma máquina de votação, descobrir como ela funciona, encontrar uma fraqueza, superar as características de segurança da máquina, e construir o software de ataque”.

“No final, descobrimos que é possível mudar votos sem ser detectado e que este ataque leva muito menos tempo e dinheiro do que se poderia esperar”, disse o apresentador.

Um professor de Princeton teve a oportunidade de adquirir cinco máquinas de votação por apenas U$82 que tinham sido revendidas em um site de leilão do governo.As máquinas adquiridas foram originalmente vendidas pela Sequoia Voting Systems.

Embora as máquinas de votação fossem mais velhas e tivessem sido descontinuadas pela Carolina do Norte, onde foram originalmente utilizadas, os dispositivos de votação ainda estão em uso na Louisiana e em Nova Jersey.

Professores e estudantes graduados em ciência de computação descobriram que poderiam mudar votos usando uma técnica chamada ” return oriented programming “.

Os estudantes teorizaram que as máquinas de votação poderiam ser facilmente invadidas por atacantes na noite antes da eleição, sendo instalado o software de votação hackeado.No dia seguinte, as máquinas produziriam votos alterados impossíveis de serem detectados.

O estudo foi feito com 16 alunos formados e um custo total de U$ 100.000 – uma minúscula fração do dinheiro gasto por ambos os partidos durante a campanha presidencial 2008.

Este vídeo é da Universidade da Califórnia, San Diego divulgado em 10 de agosto de 2009.

Obs: Não traduzido


Governo Britânico Instalará Câmeras de Vigilância Nas Residências

11/08/2009

Estado vai espionar os pais, para assegurar que as crianças durmam na hora, freqüentem a escola

http://www.prisonplanet.com/uk-government-to-install-surveillance-cameras-in-private-homes.html

UK Government To Install Surveillance Cameras In Private Homes 030809top

 

Paul Joseph Watson

Prisão Planet.com
Segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O governo do Reino Unido está prestes a gastar 700 milhões de dólares para instalar câmeras de vigilância no interior das residências dos cidadãos para garantir que as crianças estão indo para a cama na hora, freqüentando a escola e comendo refeições adequadas.

Não, você não está lendo uma passagem de 1984 de George Orwell ou Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley, esta é a Grã-Bretanha de 2009, um país que já tem mais câmeras de vigilância monitorando sua população do que todo o resto da Europa junto.

Agora, o governo está embarcando em um esquema chamado “Projeto de Intervenção Familiar”, que literalmente cria um Estado-Babá anabolizado, com serviços sociais ousados e guardas de segurança privada com autoridade para fazerem “inspeções domiciliares” regulares para assegurar que os pais estejam criando seus filhos corretamente.

Teletelas também serão instaladas para que os espiões do governo possam ficar de olho se os pais estão maltratando as crianças e se as crianças estão cumprindo as obrigações assinadas em um pré-contrato.

Cerca de 2.000 famílias tem sido orientadas por esse programa até agora e o governo quer enlaçar mais 20.000 nos próximos dois anos. A conta será paga pelos contribuintes, com as “intervenções” sendo financiadas pelas autoridades municipais locais.

Outro aspecto fundamental do programa contemplará os pais consideradas “responsáveis” pelo governo com o poder de denunciar e informar sobre maus pais que permitem que os seus filhos tenham um mau comportamento. Essas famílias serão então alvo de “intervenções”.

Ambos, pais e crianças também serão obrigados a assinar um “contrato de comportamento” com o governo conhecido como Home School Agreement,antes do início de cada ano, no qual o estado irá decretar as obrigações a serem cumpridas.

O Partido Conservador de oposição, que é franco favorito para ganhar a próxima eleição britânica, comentou que o programa não vai suficientemente longe e é “ muito pequeno, muito tardio ”.

Entrevistados a respeito do artigo do Daily Express sobre o novo programa disseram-se chocados com as implicações totalitárias do que está se revelando no Reino Unido, sob o pretexto de iniciativas de serviços sociais.

Desculpe, mas que diabos é isso? Porque que as pessoas não pegam em armas por causa disso?”,escreve um, “Isto é uma completa invasão de privacidade, e ignora completamente o fato do Estado não possuir filhos. Não é da conta deles como os pais escolhem criar suas crianças, desde que não as prejudiquem ativamente.Por que o povo não está protestando no mundo? É completamente anátema as liberdades fundamentais da Inglaterra.”

Com licença !?! Que incrível intrusão na privacidade de uma família! George Orwell deve estar rolando no túmulo agora ”, escreve outro.

“Eu tenho um comentário a fazer : isto viola completamente o 8º artigo da Convenção Européia dos Direitos Humanos (Human Rights Act 1998). Será que este ministro e seus lacaios já fizeram algum simples dever de casa sobre os direitos humanos fundamentais e as liberdades civis? Ou de preferência eles somente decidiram ignorá-los completamente” , acrescenta outro.

A movimentação para instalar câmeras de vigilância dentro de casas particulares também está na ordem do dia em toda a lagoa. Em Fevereiro de 2006, o chefe de polícia de Houton Harold Hurtt disse que câmeras devem ser colocadas dentro de apartamentos e casas, a fim de “combater a criminalidade”, por estar ocorrendo uma escassez de agentes policiais.

Eu conheço um monte de pessoas que estão preocupados com o Big Brother, mas a minha resposta a isto é, se você não está fazendo nada de errado, por que deve se preocupar com isso?” disse o Chefe Hurtt aos jornalistas.

Andy Teas junto com a Houston Apartment Association apoiou a proposta, dizendo que preocupações com a privacidade ficariam em último lugar para muitas pessoas que iriam, “apreciar a idéia de terem olhos adicionais cuidando delas.”

Se tais programas materializam-se e são executados em uma escala maciça, então, todo o conteúdo da representação de uma sociedade totalitária por George Orwell em seu clássico romance1984 terá sido realizado.

A seguinte passagem é de 1984 de George Orwell :

A teletela recebeu e transmitiu simultaneamente.Qualquer som que Winston fez, acima do nível de um sussurro muito baixo, poderia ser captado por ela, aliás, desde que ele se manteve no campo de visão que a placa de metal ordenou, ele poderia ser visto, bem como ouvido. Naturalmente não havia nenhuma maneira de saber se você estava sendo vigiado a todo momento.Com que frequência, ou planejamento, a Polícia do Pensamento plugava cada cabo individualmente seria adivinhação.Era até mesmo imaginável que vigiassem a todos o tempo todo. Mas, de qualquer forma, eles poderiam ligar o seu cabo quando bem quisessem.Você tinha de viver – viver de tal maneira, que de um hábito passou a ser instinto – na suposição de que todo o som que você fez foi alto demais, e exceto na escuridão, cada movimento examinado.