A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro IV

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?

Post Especial – Bem Vindos ao Mundo Real !

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Segunda 1 de Março Última atualização 11 de Março

 

 

 

 

 

 

 

 

As imagens de criminosos circulando armados entre as favelas de Manguinhos e do Jacarezinho durante a madrugada podem ter surpreendido milhares, ou talvez milhões de pessoas se levarmos em conta a repercussão internacional. Menos aos cariocas. Sim, porque até mesmo quem mora na Zona Sul, quase toda ocupada pela PM, sabe que nas favelas é assim que a banda toca. Aquela região é conhecida como Faixa de Gaza há pelo menos uns seis anos. Conforme reportagens de vários veículos de imprensa os moradores sempre denunciaram e imploraram para que fosse tomada alguma providência. Mas, de repente são mostradas imagens chocantes nas TVs e nos jornais e então o E(e)stado se vê obrigado a dar uma resposta para um problema que sempre foi ignorado: a Zona Norte está entregue aos criminosos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas a solução já está a caminho: A Cidade da Polícia. Tenho observado que a mídia sempre tem destacado problemas em regiões onde já estão previstas ou sendo executadas ações do governo. Curiosamente, “certas” regiões onde existem os mesmos problemas não figuram nos noticiários de forma negativa. Como bom cidadão vou “lembrar” as autoridades certos bairros ( já que gostam de chamar assim) onde as cenas são as mesmas que as da Av. Suburbana com Av. dos Democráticos : ROCINHA (sempre mostrando “projetos sociais” , COMPLEXO DO ALEMÃO (sempre mostrando as obras PAC), MANGUEIRA (sempre mostrando samba e carnaval). Não estou dizendo que a mídia não informa sobre eventuais confrontos; inclusive com mortes de policiais, bandidos e moradores, que ocorrem nestes locais; e faz até com o sensacionalismo barato de sempre. Mas depois sempre tem uma matéria do tipo Criança Esperança onde são mostradas algumas iniciativas até louváveis da própria população, que cansada de esperar ações do poder público tenta oferecer alguma alternativa para as crianças e adolescentes não ingressarem na criminalidade. Mas para cada um que sai ou deixa de entrar, tem nove na fila ansiosos para se sentirem cidadãos da favela ! Mas espere, o que vem a ser isso? Simples, o jovem que não está de alguma maneira ligado ao crime dentro na favela é ignorado pela maioria dos outros jovens. Bem vindos ao mundo real.

Os filmes Cidade de Deus e Tropa de Elite retratam essa realidade que a mídia esconde. No primeiro, o personagem Buscapé faz amizade na praia com jovens de uma classe social diferente da sua porque começa a trazer droga da favela. Ele não fez isso para obter lucros mas para conseguir integrar o grupo e assim ficar mais perto da garota que gostava. Sem a droga ele sequer seria notado. Porém, quando o grupo passou a frequentar a favela a garota logo tornou-se namorada de um dos chefes do tráfico. Este tipo de situação é uma das coisas mais comuns e talvez a principal motivação dos jovens para envolverem-se no mundo do crime. Desde adolescentes que seguram armas só para impressionar garotas até jovens que cursam faculdade e namoram traficantes o fato é que são muitos os fatores que estimulam as pessoas a relacionarem-se com criminosos. Já no filme Tropa de Elite é retratada a hipocrisia nas cenas em que o policial Matias manifesta sua indignação na passeata dos estudantes, por saber que vários utilizam drogas, inclusive na ONG sediada no morro, e ficam fazendo passeata contra a violência. Isto é um paradoxo. Mas é verdade.

A cidade está cada vez mais dividida. De um lado do túnel as armas desapareceram e o tráfico continua de forma velada, sem terror. Para os varejistas do asfalto o negócio ficou muito mais rentável, os grandes atacadistas ( favelas ) não concorrem mais com eles. Não vale mais a pena subir morro na Zona Sul em busca de drogas. É óbvio que os preços vão aumentar. Quem não quiser ou não puder pagar mais caro vai ter que atravessar o túnel, onde certamente as coisas vão piorar, até porque não existe tanta preocupação da sociedade com as consequências que a população da Zona Norte e adjacências irão sofrer. O importante é a Zona Sul estar “ pacificada “.

11 respostas para A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro IV

  1. Sérgio disse:

    LIVRO: ESCRAVOS SOCIAIS E OS CAPITÃES DO MATO- CHACINA DE VIGÁRIO GERAL/ CHIADO Editora- 2015.

  2. rorschachbr disse:

    Sérgio, antes tarde do que nunca: Vai tomar no olho do cú !!

    • Anônimo disse:

      Claro que é muita coragem da sua parte dizer isso a distância e em incognito; muito macho você kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • rorschachbr disse:

        Só uma bichona pra digitar: kkkkkkk
        Sai daqui e vai pra passeata de estudante a favor da Dilma porra.

  3. rorschachbr disse:

    Se liga pela saco, que tu tá fazendo aqui?
    Um idiota joga um spam ao invés de comentar o artigo e outro idiota vem fazer bravata. Porra vai trabalhar mermão.

  4. rorschachbr disse:

    Comenta o artigo que já tem mais de 5 anos.
    Fui o primeiro a desmascarar essa farsa.

  5. Roda de conversa sobre livro Escravos Sociais e os Capitães do Mato Ch… https://youtu.be/sUOCZkTY_bM via @YouTube

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: