Policiais de Nova York Preparam-se Para Distúrbios Civis

http://www.prisonplanet.com/new-york-cops-prepare-for-civil-unrest.html

Unidade especial criada para “ vasculhar o Twitter e o Facebook ” em busca de “ atividades suspeitas ”

Paul Joseph Watson
Infowars.com
Sexta-feira 19 de Agosto de 2011

Na sequência dos tumultos da semana passada no Reino Unido, o NYPD¹ realizou um “ exercício de mobilização ” para treinar a polícia, em preparação a distúrbios civis nos Estados Unidos, enquanto também lança um programa destinado a detectar sinais de potenciais distúrbios através dos sites de redes sociais .

A Unidade de Controle de Distúrbios do NYPD juntou policiais de todos os cinco bairros da cidade para ensaiar a reação, que será do tipo: “ manifestações fora de controle não serão toleradas aqui ”. 

Um total de aproximadamente 180 policiais da força-tarefa de cada bairro, incluindo as unidades de cavalaria e aérea, foram para o exercício ”, relata o Metro .

No entanto, ao contrário do Reino Unido onde os desordeiros eram compostos principalmente por adolescentes aproveitando a oportunidade de roubar iPods e outros dispositivos eletrônicos de ponta, distúrbios civis nos Estados Unidos são muito mais propensos a ter motivação política.

Com muitos norte-americanos agora tornando-se “pré-revolucionários” em consequência de sua fúria contra a administração Obama e os igualmente impopulares parlamentares em Washington, possíveis distúrbios civis poderiam brotar não somente das classes mais atingidas pela pobreza, mas também da classe média que está encolhendo.

Talvez por isso o Departamento de Segurança Interna está cada vez mais focando seu aparato anti-terror nos americanos brancos de classe média, retratando-os como terroristas domésticos em uma série de vídeos PSA².

Além do treinamento para tumultos, também foi criada uma nova unidade no NYPD para “ vasculhar o Twitter e o Facebook em busca de atividades suspeitas ”, a fim de antecipar-se a potenciais flash mobs³ e outros distúrbios civis.

Sites de redes sociais como Facebook e Twitter foram duramente condenados após os tumultos no Reino Unido, com o primeiro-ministro David Cameron defendendo que as autoridades tenham o poder de interromper o acesso em períodos de desordem pública.

Por seu papel em desacreditar as mídias sociais, Cameron foi elogiada por ninguém menos que a China comunista, que habitualmente censura a Internet para esconder a corrupção política ou impedir legítimos manifestantes de receberem atenção da mídia. O Estado comunista regularmente usa esse poder, que o senador Joe Lieberman pediu para ser introduzido nos Estados Unidos, para encobrir as atrocidades e abusos contra seus próprios cidadãos.

Twitter, Facebook e Youtube estão proibidos na China e mesmo as limitadas versões aprovadas pelo governo desses sites agora são desligadas por longos períodos de tempo para que eles possam “ remover todo o conteúdo politicamente sensível de acordo com as ordens das autoridades de internet chinesas ”.

*********************

Paul Joseph Watson é o editor e redator do PrisonPlanet.com. Ele é o autor de Order Out Of Chaos. Watson também é um apresentador ocasional do Alex Jones Show.

¹ New York Police Department – Departamento de Polícia de Nova York

² Public Service Announcements – Anúncio de Utilidade Pública

³ Neste caso, os flash mobs ( reuniões de várias pessoas em um mesmo local marcadas pela internet ) são para cometer saques. Veja um exemplo:

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/08/jovens-organizam-acao-na-internet-para-roubar-loja-em-1-minuto.html


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: