Propaganda Estilo Minority Report Lançada em Londres

26/02/2012

http://www.prisonplanet.com/minority-report-style-advertising-rolled-out-in-london.html

Tecnologia de reconhecimento facial classificada como “assustadora”

Paul Joseph Watson

Prison Planet.com 

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012

Câmeras de reconhecimento facial de alta definição foram instaladas em um ponto de ônibus na Rua Oxford,  em Londres, como parte de uma nova campanha de publicidade invasiva, que utiliza tecnologia ao estilo de Minority Report para transmitir um conteúdo de propaganda específico para cada sexo.

Com uma estimativa de acerto de 90 por cento, o computador embutido no dispositivo analisa e adivinha o sexo baseado em características faciais específicas do queixo, maçãs do rosto, nariz e olhos. Com base no resultado sobre o sexo de um pedestre, o dispositivo digital mostra uma propaganda dirigida a um homem ou a uma mulher. Uma vez que essa tecnologia continue sendo aplicada no campo da publicidade, o computador também poderia avaliar a idade, raça ou tipo de corpo de uma pessoa, ” relata o Digital Trends .

O anúncio de $60.000 dólares, exibido em uma tela que é um cruzamento entre um iPad e um Xbox Kinect, reproduz uma mensagem de vídeo de 40 segundos quando o rosto de uma mulher é reconhecido, mas apenas uma curta mensagem se um homem passar em frente. “ Nós não estamos dando aos homens e rapazes a opção de ver o anúncio completo nesta ocasião – assim eles tem uma ideia de como é ter as opções básicas removidas, ” disse Marie Staunton, executiva-chefe da Plan UK, a organização apresentada no anúncio.

A tecnologia propriamente dita foi desenvolvida pelo Clear Channel UK e pela 3D Exposure, que afirmam que embora tenham sido expressas preocupações comas pessoas sendo submetidas a propagandas invasivas no estilo Minority Report, o que eles estão trabalhando para os futuros projetos “pode em breve superar o que vimos no cinema. “

O grupo de vigilância da privacidade Open Rights Group classificou a idéia comoassustadora ”.

O filme de 2002, estrelado por Tom Cruise, mostra o personagem de Cruise andando por uma estação de metrô enquanto sensores que lêem seus olhos dirigem-se a ele pelo nome e bombardeiam-no com anúncios personalizados. Outra parte mostra pessoas embarcando em um trem igualmente tendo a íris verificada para serem autorizados. O filme foi baseado em uma curta história distópica de Philip K. Dick, o qual advertiu como tal tecnologia poderia ser usada no futuro para esmagar a privacidade e as liberdades civis.

O Clear Channel não é de forma alguma a única grande empresa trabalhando na nova onda de publicidade invasiva. Ano passado, a IBM anunciou que eles estão planejando coletar a “ tecnologia RFID que as pessoas carregam com elas ”, para adequar anúncios aos gostos específicos dos consumidores.

Anteriormente nós mostramos o fato de que a indústria privada e, eventualmente o governo, estão determinados a aplicar planos de usar microfones e câmeras nos computadores e equipamentos como o TiVo de centenas de milhões de americanos para monitorar as escolhas de seus estilo de vida e traçar perfis psicológicos, que seriam utilizados para publicidade invasiva e coleta de dados.

Em 2006, o Google anunciou que eles usariam microfones embutidos para ouvir os ruídos de fundo do usuário, seja televisão, música ou rádio – e depois direcionar a propaganda para eles baseado em suas preferências.

A idéia é usar o microfone  existente no PC para escutar tudo o que é ouvido ao fundo, seja música, seu telefone descarregando ou a TV sendo desligada. O PC, em seguida identifica-os usando impressões digitais, e então mostra a você conteúdo relativo, sejam anúncios ou resultados de pesquisa, ou uma sala de bate-papo sobre o assunto ” , informou o Register .

A expiração de uma patente chave da tecnologia está pavimentando o caminho para uma disputa entre dezenas de empresas de pesquisa e desenvolvimento biométrico, todas desesperadas para criar sua própria versão comum da tecnologia de reconhecimento da íris, efetivamente criando uma sociedade tipo Minority Report na vida real, onde todos estão vinculados a um banco de dados de identificação.

Conforme detalhado pelo Bloomberg News , a patente para registrar as características únicas da Íris como uma forma de identificação foi concedida a dois oftalmologistas em 1987, que então propuseram a um professor da Universidade de Cambridge desenvolver uma maneira de automatizar a identificação da íris. Esta patente adicional foi concedida em 1994, mas expirou ano passado, abrindo a porta para a nova onda de tecnologia de publicidade invasiva ser implementada.

As principais empresas de marketing acreditam que nos próximos cinco anos a tecnologia de reconhecimento da íris vai gerar mais de $2 bilhões em receita, ao se tornar parte da rotina da vida cotidiana.

Os incontáveis pontos de ônibus em Londres, tem sido frequentemente utilizados como campo de testes para iniciativas do tipo Big Brother. Em 2002, a Transport For London exibiu um outdoor para promover a sua tecnologia de vigilância de CFTV que mostrava íris Orwellianas nos céus de Londres debaixo dos dizeres Seguro sob olhos atentos

*********************

Paul Joseph Watson é o editor e redator do PrisonPlanet.com. Ele é o autor de Order Out Of Chaos. Watson também é um apresentador ocasional do Alex Jones Show.


Muitos De Vocês Não Vão Acreditar Em Algumas Coisas Que Os Americanos Estão Fazendo Para Sobreviver

19/02/2012

The Economic Collapse

Quinta-feira, 16 fevereiro de 2012

Convém você não ler este artigo, se você tiver um estômago fraco. A maioria dos americanos não tem absolutamente nenhuma idéia do que está acontecendo nas esquinas sombrias da América, e quando as pessoas descobrem a verdade ela pode vir a ser um grande choque. Muitos de vocês não vão acreditar em algumas coisas que os americanos estão fazendo para sobreviver. Algumas famílias estão vivendo nos esgotos e túneis de drenagem, algumas famílias estão vivendo em tendas, algumas famílias estão vivendo em seus carros, algumas famílias vão fazer sopa de ketchup para o jantar de hoje à noite e algumas famílias estão até comendo ratos. Alguns abrigos na América estão tão sobrecarregados que eles estão atualmente mandando as pessoas morarem na floresta. Enquanto você lê isto, há cerca de 50 milhões de americanos vivendo abaixo da linha da pobreza, e esse número sobe um pouco mais a cada dia. A América já foi conhecida como a maior nação da terra, mas agora há decadência e aflição econômica em quase todo lugar que você olhar. Sim, sem dúvida o dinheiro não pode comprar felicidade, mas a falta dele certamente pode trazer muita dor. A medida que a economia continua declinando, o sofrimento que vemos ao nosso redor vai ficar muito pior, e isso é uma coisa muito assustadora para se pensar.

O vídeo a seguir é meia hora de um documentário produzido pela BBC, com o título de “ Poor America ”. Acredite em mim, você deve assistir. Vai partir seu coração quando você ouvir algumas crianças americanas falando sobre o que elas tem que fazer por comida

Esse vídeo não foi realmente de golpear a alma?

Aqueles de nós que ainda vivem confortavelmente estão muitas vezes completamente alheios sobre como é a vida nas ruas da América neste momento.

Há milhões e milhões de americanos que perderam toda esperança e que estão vivendo no limite da vida e da morte.

E a cada dia que passa engrossa-se mais as fileiras dos sem esperança. Este próximo fim de semana cerca de 80.000 pessoas no estado de Michigan vão perder o seguro desemprego.

Então, o que essas pessoas vão fazer depois disso?

Elas que não conseguiram encontrar trabalho mês após mês. A maior parte de suas economias certamente já se foi. Agora o único dinheiro que estava vindo vai ser eliminado.

Sim, eu tenho escrito muitas vezes sobre como o governo dos EUA está completamente submerso em dívidas e não pode se dar ao luxo de estar distribuindo tanto dinheiro. Meu ponto aqui é mostrar o outro lado da equação. Há milhões e milhões de americanos que estão com a corda pescoço e não há empregos para eles. O sofrimento que essas famílias estão atravessando é extremamente verdadeiro.

Milhões de outras famílias estão tentando sobreviver com os rendimentos vindos de empregos de meio expediente. Segundo o Gallup , a percentagem de americanos que estão trabalhando meio período mas que gostaria de trabalhar em tempo integral é hoje a maior do que em qualquer momento dos últimos dois anos. O número de “ pobres trabalhadores ”continua crescendo, mas a maioria dos americanos não têm muita compaixão por eles, porque eles “ tem empregos ”.

Bem, quando você está fazendo 8 dólares por hora pode ser extremamente difícil de conseguir isso mês após mês.

Apenas olhe o quanto custa para comprar as coisas básicas que precisamos.

Sem gasolina, a maioria de nós nem mesmo seria capaz de chegar aos nossos empregos. O preço da gasolina aumentou 83 por cento desde  a posse de Barack Obama, e está presters a subir ainda mais. No momento, o preço médio de um galão de gasolina nos Estados Unidos é $ 3,51 . Nunca antes o preço médio do gás foi acima de 3,50 dólares logo no começo do ano. Muitos acreditam que poderemos ter um novo recorde histórico neste verão.

Mas ano passado já foi ruim o bastante. Em 2011, a família média americana gastou mais de US $ 4.000 em gasolina.

Então, quando você está fazendo apenas algumas centenas de dólares por semana, pode ser uma batalha enorme apenas para colocar gasolina em seu carro e comida na mesa.

O artigo que eu escrevi outro dia sobre o declínio de Detroit realmente atingiu em cheio. Por toda a América, as pessoas podem ver coisas semelhantes acontecendo com seus próprios bairros. As pessoas estão assustadas e querem algumas respostas.

Bem, a verdade é que nunca deveríamos ter permitido que dezenas de milhares de empresas, milhões de empregos e trilhões de dólares de nossa riqueza nacional fossem enviadas para fora do país .

Basta conferir esta impressionante foto que compara o declínio de Detroit com a ascensão de Xangai, na China.

Você acha que é apenas uma coincidência que Detroit esteja caindo aos pedaços e que as cidades na China estejam novas e brilhantes?

Não, a verdade é que é uma consequência natural das nossas insensatas políticas econômicas.

Há centenas de comunidades em todo o país em que as condições são de um cenário de terceiro mundo. Como exemplo,  acompanhe um blogueiroque descreve como é a vida em um subúrbio decadente de Phoenix chamado Maryville ….

A criminalidade e as gangues estão generalizados. A maioria das casas ouestão em ruínas, ou foram refeitas com paredes externas exibindo espinhos e vergalhões. Muitos dos jardins de frente são agora apenas sujeira (ou pior, cascalho), as piscinas verdes e letais.

Agora estamos à beira de outra grande crise financeira global . As condições econômicas na América vão piorar ainda mais. Os políticos em Washington DC tem certeza de que os meninos e meninas de Wall Street estão bem protegidos, mas não haverá socorro para o grande número de americanos que estão prestes a perder seus empregos e suas casas.

Se você quer uma idéia do que está por vir, basta olhar para o que está acontecendo na Grécia . 25 por cento das empresas foram fechadas, um terço de todo o dinheiro foi retirado das contas bancárias gregas e o desemprego e a pobreza aumentam desenfreadamente.

Durante anos, uma grande quantidade de vozes importantes lá fora estavam gritando e bradando sobre os perigos representados pelos nossos crescentes déficits comerciais e orçamentários.

Mas o povo americano não quis escutar. Eles simplesmente continuaram mandando de volta os mesmos políticos para Washington repetidas vezes.

Como resultado, em breve milhões daqueles mesmos americanos vão descobrir-se fazendo coisas que eles nunca sonharam que fariam apenas para sobreviver.


Exército Britânico Treina Para Sufocar Revoltas

09/02/2012

Kurt Nimmo
Infowars.com 30 de janeiro de 2012

No sábado, o Telegraph publicou um artigo explicando como centenas de soldados do terceiro batalhão do Regimento Paraquedista estão aprendendo a reprimir revoltas. O chamado “ treinamento de ordem pública ” será crítico durante próxima versão britânica de panem et circenses – os Jogos Olímpicos de 2012 – conforme a Grande Depressão intensifica-se.

As táticas usadas pelo Exército Britânico na Irlanda do Norte “ foram deixadas ”.

O Telegraph destaca que as táticas brutais usadas pelo Exército Britânico na Irlanda do Norte “ foram deixadas ” após a decisão de 2007 de retirar-se de Ulster. Tropas britânicas foram enviadas a Derry em 1969, não para manter a paz, mas para sufocar uma insurreição após a polícia irlandesa invadir áreas católicas da cidade e impor um toque de recolher, isolaram Lower Falls, e começaram a disparar contra civis desarmados. A violência culminou no Domingo Sangrento em 30 de janeiro de 1972, quando 26 manifestantes pelos direitos civis desarmados e transeuntes foram mortos por soldados.

Agora, os “ Problemas ” alcançaram a Grã-Bretanha, graças à planejada implosão econômica global atualmente em curso.

Segundo o Telegraph, durante o “ módulo de treinamento ” do Exército Britânico realizado em Kent, os soldados aprenderam a usar os escudos anti-tumulto em uma  extensa formação, proteger-se de projéteis e como identificar e prender “ líderes locais ” usando “ esquadrões de captura ” especialmente treinados.

A Greater Manchester Police usou “ esquadrões de captura ” durante os protestos de 2011. A tática foi lançada durante as manifestações anti-globalistas em Seattle(nesta foto, vemos policiais capturando um perigoso fotógrafo ).Durante o G20, em Pittsburgh, os militares trabalharam com os policiais e usaram unidades de “ captura e prisão ” para seqüestrar ativistas. A tática também foi usada em Toronto durante o G20 .

Outra tática da polícia lançada em manifestações anti-globalistas é o kettling – policiais encurralando manifestantes em uma área pequena impedindo seu deslocamento. O violento comportamento da polícia durante o G20 de Londres 2009 resultou na morte de Ian Tomlinson, um vendedor de jornal que não tinha nada a ver com a manifestação. A tática foi usada em Nova York contra manifestantes do Occupy Wall Street.  O NYPD cercou algumas perigosas manifestantes do sexo feminino e usou spray de pimenta.

Aprender como tratar situações de ordem pública é uma nova competência para um curso extremamente realista e desafiador ”, observou o major Richard Todd, um oficial que comandava o treinamento. “ Muitos dos exercícios não são diferentes do que o Exército Romano costumava fazer, com soldados altamente disciplinados avançando em frente sob a proteção de escudos. ”

O Exército Romano era especializado em sufocar insurreições e revoltas de escravos na Inglaterra, Gália, Germânia, Judéia e outros pontos críticos em todo o império.

Tropas especializadas serão necessárias na Grã-Bretanha e em outras partes da Europa – e finalmente aqui nos Estados Unidos – a medida que a Grande Depressão ganhar velocidade. Na encontro globalista do G20 em Cannes no ano passado, O primeiro ministro britânico David Cameron pediu aos países atormentados por uma planejada crise da dívida soberana para prosseguir com os planos de redução doficit e as medidas de austeridade.

Em novembro, a Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas emitiu uma previsão sombria sobre os efeitos sociais da contínua crise econômica. Ele disse que a raiva poderia eclodir pelas ruas da Europa e de outros continentes, em reação, como tem sido na Grécia. Em 2010, assim que a implosão econômica começou para valer, o FMI alertou sobre a inevitabilidade de uma “explosão social”.

Em 2008, o analista de tendências Gerald Celente previu que até 2012 a América se tornaria uma nação subdesenvolvida, ocorrendo uma revolução caracterizada por tumultos por alimentos, rebeliões dossem-teto, revoltas contra os impostos e marchas trabalhistas.