Exército Britânico Treina Para Sufocar Revoltas

Kurt Nimmo
Infowars.com 30 de janeiro de 2012

No sábado, o Telegraph publicou um artigo explicando como centenas de soldados do terceiro batalhão do Regimento Paraquedista estão aprendendo a reprimir revoltas. O chamado “ treinamento de ordem pública ” será crítico durante próxima versão britânica de panem et circenses – os Jogos Olímpicos de 2012 – conforme a Grande Depressão intensifica-se.

As táticas usadas pelo Exército Britânico na Irlanda do Norte “ foram deixadas ”.

O Telegraph destaca que as táticas brutais usadas pelo Exército Britânico na Irlanda do Norte “ foram deixadas ” após a decisão de 2007 de retirar-se de Ulster. Tropas britânicas foram enviadas a Derry em 1969, não para manter a paz, mas para sufocar uma insurreição após a polícia irlandesa invadir áreas católicas da cidade e impor um toque de recolher, isolaram Lower Falls, e começaram a disparar contra civis desarmados. A violência culminou no Domingo Sangrento em 30 de janeiro de 1972, quando 26 manifestantes pelos direitos civis desarmados e transeuntes foram mortos por soldados.

Agora, os “ Problemas ” alcançaram a Grã-Bretanha, graças à planejada implosão econômica global atualmente em curso.

Segundo o Telegraph, durante o “ módulo de treinamento ” do Exército Britânico realizado em Kent, os soldados aprenderam a usar os escudos anti-tumulto em uma  extensa formação, proteger-se de projéteis e como identificar e prender “ líderes locais ” usando “ esquadrões de captura ” especialmente treinados.

A Greater Manchester Police usou “ esquadrões de captura ” durante os protestos de 2011. A tática foi lançada durante as manifestações anti-globalistas em Seattle(nesta foto, vemos policiais capturando um perigoso fotógrafo ).Durante o G20, em Pittsburgh, os militares trabalharam com os policiais e usaram unidades de “ captura e prisão ” para seqüestrar ativistas. A tática também foi usada em Toronto durante o G20 .

Outra tática da polícia lançada em manifestações anti-globalistas é o kettling – policiais encurralando manifestantes em uma área pequena impedindo seu deslocamento. O violento comportamento da polícia durante o G20 de Londres 2009 resultou na morte de Ian Tomlinson, um vendedor de jornal que não tinha nada a ver com a manifestação. A tática foi usada em Nova York contra manifestantes do Occupy Wall Street.  O NYPD cercou algumas perigosas manifestantes do sexo feminino e usou spray de pimenta.

Aprender como tratar situações de ordem pública é uma nova competência para um curso extremamente realista e desafiador ”, observou o major Richard Todd, um oficial que comandava o treinamento. “ Muitos dos exercícios não são diferentes do que o Exército Romano costumava fazer, com soldados altamente disciplinados avançando em frente sob a proteção de escudos. ”

O Exército Romano era especializado em sufocar insurreições e revoltas de escravos na Inglaterra, Gália, Germânia, Judéia e outros pontos críticos em todo o império.

Tropas especializadas serão necessárias na Grã-Bretanha e em outras partes da Europa – e finalmente aqui nos Estados Unidos – a medida que a Grande Depressão ganhar velocidade. Na encontro globalista do G20 em Cannes no ano passado, O primeiro ministro britânico David Cameron pediu aos países atormentados por uma planejada crise da dívida soberana para prosseguir com os planos de redução doficit e as medidas de austeridade.

Em novembro, a Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas emitiu uma previsão sombria sobre os efeitos sociais da contínua crise econômica. Ele disse que a raiva poderia eclodir pelas ruas da Europa e de outros continentes, em reação, como tem sido na Grécia. Em 2010, assim que a implosão econômica começou para valer, o FMI alertou sobre a inevitabilidade de uma “explosão social”.

Em 2008, o analista de tendências Gerald Celente previu que até 2012 a América se tornaria uma nação subdesenvolvida, ocorrendo uma revolução caracterizada por tumultos por alimentos, rebeliões dossem-teto, revoltas contra os impostos e marchas trabalhistas.

2 respostas para Exército Britânico Treina Para Sufocar Revoltas

  1. […] o Kettling – tática queridinha da polícia britânica para dissipar protestos. A prática extremamente controversa consiste em formar um cordão de policiais em torno dos manifestantes, impedindo que qualquer […]

  2. […] o Kettling – tática queridinha da polícia britânica para dissipar protestos. A prática extremamente controversa consiste em formar um cordão de policiais em torno do grupo, impedindo que qualquer indivíduo […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: