Taxa de mortalidade pelo Coronavírus é maior na América por causa da obesidade

Quinta, 2 de Abril de 2020 porEthan Huff
https://www.naturalnews.com/2020-04-02-coronavirus-death-rate-higher-america-rampant-obesity.html


Rorschabr
PlanetaPrisão
0
3 de Abril de 2020

Obese-People

(Natural News) Uma das cidades mais obesas da América também possui uma das maiores taxas de mortalidade pelo Wuhan coronavírus (COVID-19), uma correlação que os especialistas dizem não ser coincidência.

Como se pode observar, estar obeso aumenta consideravelmente o risco de alguém morrer de coronavírus, o que explica parcialmente por que Nova Orleans atualmente tem uma taxa de mortalidade sete vezes maior que a de Nova York e dez vezes maior que a de Seattle.

Quando convidados a comentar essa disparidade, médicos e autoridades de saúde pública, juntamente com dados científicos disponíveis, parecem concordar que estar gordo é (sem trocadilhos) o maior elefante da sala¹.

Estamos simplesmente doentes ”, afirmou Rebekah Gee, ex-secretária de saúde da Louisiana e atual chefe da divisão de serviços de saúde da Universidade Estadual da Louisiana, sobre a situação. “ Já tínhamos enormes disparidades na área da saúde antes dessa pandemia – só podemos imaginar agora que elas estão aumentando ”

Assim como Nova York e Seattle, Nova Orleans foi uma das primeiras “ zonas de intensidade ” em que os casos do Wuhan coronavírus (COVID-19) começaram a subir de forma mais rápida do que nas outras áreas do país. E desde o início ficou evidente que em nenhum outro local ocorreram tantas mortes.

Como os moradores de Nova Orleans sofrem com taxas significativamente mais altas não apenas de obesidade, mas também de diabetes e hipertensão, os especialistas concluíram que essa é a causa mais provável por que mais pessoas na Big Easy² estão contraindo o vírus e consequentemente morrendo.

Ouça abaixo o The Health Ranger Report, onde Mike Adams, o Guardião da Saúde, fala sobre a estimativa de que 90.000 pessoas na América podem morrer do Wuhan coronavírus (COVID-19) no mês de Julho:

https://www.brighteon.com/a9b8534f-586a-4710-9ec8-d0efa5669bfe

97% das mortes por coronavírus na Louisiana ocorreram em pessoas com condições pré-existentes

Não é apenas Nova Orleans mas todo o estado da Louisiana possui altas taxas de obesidade, diabetes e hipertensão. Isso explicaria por que o diabetes foi identificado em 40% das mortes até agora, juntamente com a obesidade em 25% das mortes; doença renal crônica em 23% das mortes; e problemas cardíacos em 21% das mortes.

No total, cerca de 97% das mortes pelo Wuhan coronavírus (COVID-19) na Louisiana até agora foram de pessoas com essas ou outras condições de saúde pré-existentes, o que dá credibilidade à idéia de que esse vírus é mais grave em pessoas que já não estão em boas condições de saúde.

Muitos acreditam que esses dados são um prenúncio para outros estados do sul, que também estão entre os mais obesos do país. Estados como Alabama e Carolina do Sul podem ter taxas de mortalidade igualmente altas do COVID-19, porque também apresentam taxas de obesidade acima da média.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos relatam que, de maneira geral, 78% dos pacientes com Wuhan coronavírus (COVID-19) que ingressaram nas unidades de terapia intensiva (UTIs) tinham uma condição de saúde subjacente, como diabetes, doença cardiovascular ou doença pulmonar crônica.

O que nos preocupa aqui é que temos mais pessoas em nossas comunidades com essas condições ”, afirmou o Dr. Joseph Kanter, médico do setor de emergência e principal autoridade de saúde pública de Nova Orleans.

Estamos mais vulneráveis do que outras comunidades, e o número de mortes que temos presenciado explica isso ”.

Atualmente, Nova Orleans é classificada como uma das piores cidades da América em obesidade, diabetes e pressão alta. Quase metade da população tem pressão alta, enquanto 36% dos residentes são obesos.

O ônus da doença na Louisiana e no sudeste é maior do que no resto do país ”, acrescentou Rebekah Gee.

Mais informações recentes sobre o Wuhan coronavírus Wuhan (COVID-19) estão disponíveis em Pandemic.news.

¹ Elephant in the room, em português: Tirem o elefante da sala, expressão usada para definir um assunto óbvio, porém não comentado

² Um dos apelidos da cidade de Nova Orleans

Fontes adicionais para este artigo incluem:

News.Trust.org

Radio.NaturalNews.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: