Os “Artistas” Contra O Povo

20/05/2016

Hipócritas e parasitas revelam o desprezo pelas pessoas que os idolatram e mostram sua verdadeira face

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sexta, 20 de Maio de 2016

Hypocrites and parasites,will come up and take a bite.
Hipócritas e parasitas vão aparecer e dar uma modida.
Bob Marley
não poderia ser mais preciso.
A máscara caiu. A carapuça serviu.

Em um momento de grave crise econômica do Brasil os “artistas” estão seriamente preocupados com a extinção do ministério da cultura. Não estão preocupados com os problemas das pessoas comuns, aquelas que consomem sua “arte”. O processo que seguiu o que está na Constituição foi chamado de “golpe”. Defesas apaixonadas da manutenção da “presidenta” que enganou a nação escondendo a problemática situação da “pátria educadora” com argumentos pífios. O atual presidente, Michel Temer, teve exatamente a mesma quantidade de votos que a ex. Eram da mesma chapa.

Em uma época que pessoas comuns estão perdendo seus empregos alguns estão recebendo cachês fora da realidade. Em uma época que a violência aumentou de forma assustadora alguns estão comprando carros blindados. Em uma época que os serviços de saúde pública não conseguem nem atender as necessidades básicas das pessoas alguns estão preocupados com seus próximos procedimentos estéticos.

Apesar do presidente Michel Temer ter cedido as pressões e ter deixado o inútil Ministério da Cultura do jeito que sempre foi, apesar dos escândalos relacionados a Lei Rouanet (que isenta de impostos quem gasta com babaquice só por dizer que é cultura), apesar da sacanagem que estão fazendo até com quem precisa do seguro desemprego, tem gente que está vivendo há mais de 2 meses no prédio do MinC no Rio de Janeiro.

Estão ainda esperançosos /de que sua mãezona volte ao poder e prossiga com o pagamento de suas mesadas. Que tipo de pessoa fica vivendo em um prédio público ?

Essas pessoas trabalham, tem família, residência, filhos? Como conseguem se sustentar?

A polícia federal teve que ser utilizada para retirar os desocupados mas mesmo assim eles não querem ir para as suas casas e resolveram fazer um “ viradão cultural ”.

Anúncios

O FIM DO GOVERNO FANTASMA QUE OPRIMIU UM POVO ZUMBI

13/05/2016

O Brasil Inexistente retratado nas propagandas não resistiu a dura realidade da alta do custo de vida. Choram apenas os dependentes do governo virtual

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sexta, 13 de Maio de 2016

Game Over para a “presidenta”. A mulher que só foi eleita porque Lula a indicou e apoiou entrou para a história. De desconhecida tornou-se a primeira mulher presidente e também a primeira a ser afastada.

Não consegue sequer discursar com fluência. É de se admirar o quanto a sociedade brasileira despreza o saber e o conhecimento pois se tivesse ocupado qualquer cargo executivo nunca chegaria a presidência porque sua falta de capacidade ficaria evidente assim como Lula que nunca comandou nada antes.

O fato de não possuir beleza externa não significa inteligência ou caráter, mas qualquer tipo de insinuação em relação as suas competências técnicas era qualificado de preconceito conferindo uma espécie de imunidade contra críticas. Não tem nenhum feito nos cargos que ocupou mas foi apresentada como a super gerente.

Sempre apresentada como alguém que lutou contra a ditadura militar e supostamente foi torturada. Se lutou contra a ditadura junto aos grupos paramilitares comunistas então era uma terrorista e queria dar um golpe de estado, e aí chegamos ao ponto de que todos dizem ter sido torturados para receber sua indenização e pensão, mas como provar ?

A rapaziada do bolsa-família, bolsa-cultura, bolsa-viciado e outras entraram em pânico mas a realidade sempre se impõe. Fuderam o país simplesmente porque foram dando benefícios e facilidades sem usar a boa e velha máquina de calcular. Não tem como gastar mais do que se arrecada gente!! Sabemos que não estudar é um grande apelo de marketing usado por um certo político que até mesmo orgulha-se disso, embora pudesse ter concluído no mínimo 2 faculdades pelo simples fato de não trabalhar durante anos…

O governo fantasma fala em conquistas sociais dos anos em que esteve no poder. Vou ser honesto e reconhecer que só posso falar com propriedade do lugar de onde sou cria: Rio de Janeiro. E bem, as notícias daqui não são animadoras como todos devem saber acompanhando as recentes notícias.

Talvez eu esteja com inveja dos outros, afinal de contas não fui beneficiado por nenhuma política de “bem-estar social”. Só recebo do sistema o seguro-desemprego e o abono salarial e não foi o governo fantasma que inventou isso. Talvez eu deva considerar-me um privilegiado pelo fato do meu falecido avô, imigrante português que morreu analfabeto, ter conseguido me deixar um pedaço de terra. Ou meu falecido pai, imigrante nordestino e militar, ter conseguido me deixar uma casa simples. Sou grato a esses dois patriarcas e não ao governo fantasma e sua mãe do PAC. Aliás desde pequeno aprendi que o comando do lar pertence ao macho, que por sua vez tem a obrigação de trabalhar e proteger a família. Estudei em escola particular até o penúltimo ano e conclui ainda um curso de inglês. Devo destacar que minha mãe teve papel fundamental porque sempre falava que não me colocaria na escola pública pois via os alunos voltando quase todo dia para casa sem aulas. Será que sou uma espécie de precursor dos “coxinhas”, termo recente cujo significado me remete ao termo “playboy”, que nas antigas era sinônimo de pessoas com uma boa condição de vida ? Os “mortadelas” de plantão já devem estar achando que sim. Sinto desapontá-los. Não posso ocultar de vocês que sou cria da favela e lá não é como nas novelas da Glória Pérez.

Graças a Deus não moro mais na favela, que hoje em dia é insuportável. Todas. Se um dia tiver que voltar será um retrocesso na minha vida. É uma merda morar em qualquer favela do Rio. Não é de longe como era antigamente. A natureza foi destruída para dar lugar a casas em cima de casas sem qualquer planejamento. Apesar da mídia adorar a palavra comunidade o que se tem são pessoas sem vínculos afetivos e muito, muito mal educadas. Som alto a qualquer hora do dia, diversas pessoas sem ocupação recebendo algum tipo de benefício, alto consumo de drogas, crianças criadas na porta de bar, enfim, gostaria que alguém me apontasse as tais conquistas sociais. As pessoas de bem evitam ficar na rua pois o vagabundo hoje não tem mais o respeito que tinha pelos moradores e o que vale é a lei do terror.

O Rio de Janeiro inteiro hoje é uma desgraça, não só nas favelas, mas elas são a parte mais visível das mentiras contadas pelo governo fantasma e divulgadas pela mesma imprensa que hoje não pode mais sustentá-las. Ou vocês não acham que o povo zumbi desceria em massa para fazer tumulto nas ruas se estivesse feliz ? E sabem por quê isso não aconteceu ? Não mesmo ? Simples. Cerveja, cigarro e o churrasquinho na laje estão muito, muito mais caros. Com as UPPs também passaram a pagar conta de energia elétrica com medidores tão larápios quanto os candidatos caô caô (copyright Bezerra da Silva) e contas de água que sempre chegam ao contrário da água que não é certa.

No momento estamos vendo apenas os “artistas” protestarem contra a queda do governo fantasma. Bem, pelo menos até o momento ninguém falou em acabar com o Carnaval e o Reveillon, na minha opinião eventos que são o maior desperdício de verba pública. O pão está mais caro mas o circo continua garantido. Ao pobre resta cheirar maisena e fermento em pó achando que cocaína ou fumar crack, que ainda estão em conta, isso sim é que é um verdadeiro golpe contra o povo.


O FUTURO SOMBRIO DO BRASIL

07/10/2014

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Terça-Feira, 26 de Outubro de 2014

Dilma ou Marina ? Puta que pariu, olhe onde chegamos! Duas pessoas sem qualificação para comandar qualquer coisa. E o pior é que uma delas é presidente da nossa nação. Estamos fudidos de fato. Mesmo que a mestre Yoda tenha ficado fora do 2º turno só o fato de termos corrido o risco dela chegar já é um perigoso sinal. O acidente com o avião do candidato Eduardo Campos não cheira muito bem, até porque a vice deveria estar com ele. Mas não estava. E não houve nenhuma foto de Marina informando o local onde ela estava no momento exato do acidente. Ela desistiu na última hora… isso não é muito estranho ?

É óbvio que nenhum candidato é “flor que se cheire” mas Campos simbolizava um padrão diferente: branco, casado, cinco filhos, economista, família com tradição política, forte em seu estado, ao estilo J.F. Kennedy. Com certeza isso iria render votos ao falecido candidato, pois o eleitor sempre busca uma identificação pessoal com os seus candidatos. Dificilmente eu votaria em uma mulher, ainda mais para presidente! Campos expunha sua família com orgulho, como deve ser feito por qualquer patriarca. Dilma e Marina não. Aliás Dilma nem tem marido, é separada. E não são mulheres belas. Seria mais um ponto certo para o falecido: família tradicional.

Aécio virou a esperança de tirar o PT do poder. Bem ele é amigo de Sérgio Cabral, precisa falar mais alguma coisa? Sim, estamos muito fudidos ! É um playboy que vivia mais no Rio do que em Minas, onde era governador. Ainda assim o discurso dele é o único em que se pode cobrar alguma coisa. Dilma e Marina não. Elas simplesmente não conseguem expressar-se de forma clara. São duas mulheres cínicas, mentem e dissimulam em tudo que podem. Marina é ainda mais cara de pau, pois se apresenta como “cristã”, mas na maioria dos temas críticos fica em cima do muro, e isso não é uma postura cristã. Sim ou não, Mateus 5:37.

A polarização da sociedade é um excelente mecanismo de manipulação das massas, visto que não permite um raciocínio individual. No caso da eleição temos o pobre x rico, minorias x conservadores, além do tradicional fêmea x macho. E a pessoa que escolhe um lado que não é o esperado já é excluída de alguma forma. Seja um negro que vai votar no Aécio ou um rico que vai votar na Dilma, sempre há alguma forma de contrariedade sob a ótica de outra pessoa. Mesmo que os motivos sejam plausíveis haverá um contra argumento automático. Foi criada uma divisão artificial do Brasil, na marra. A situação do país continua piorando e as desculpas para os dois lados continuam as mesmas. A vitória do PT significa que a sociedade não se preocupa mais com o coletivo, pois a corrupção foi comprovada. A sociedade já perde quando é preciso que o outro candidato comprometa-se a manter programas de ajuda financeira. Por outro lado o PSDB não representa mudança e sim outro tipo de controle, apenas representa outros setores da sociedade. A agenda oculta é idêntica para todos os partidos. E continua avançando.

Até mesmo no cenário internacional existe a dualidade. Ainda o antigo comunismo x capitalismo, adaptado aos tempos atuais. O impacto de saber que o controle do país vai continuar nas mesmas mãos talvez seja o maior argumento para aqueles que ainda creem na lisura do pleito compareçam para votar na oposição, que não inspira confiança, mas apenas uma rotatividade na roubalheira.

Pessoalmente, não gostaria de ver a cara de triunfo de Dilma. E Lula.
Pessoalmente, acho que muitos merecem Dilma de novo. E Lula.
O futuro é sombrio…


1964 – Homenagem aos Verdadeiros Heróis do País

31/03/2014

Que país é esse que não reconhece aqueles que deram sua vida pela liberdade?
Rorschachbr
PlanetaPrisão
Segunda , 31 de Março de 2014

Quem são os heróis do nosso país? Artistas e esportistas que sugam junto com os políticos o dinheiro dos impostos ? Ou aqueles que lutaram para que um sistema ditatorial não fosse implantado ? A ironia é que enquanto a mídia insiste em desmoralizar as Forças Armadas o próprio sistema teve que suplicar ajuda dos mesmo militares para salvar o Rio de Janeiro do caos.

Até mesmo um país inexpressivo como a Jamaica demonstra mais consciência do que são verdadeiros heróis, visto que Bob Marley não é considerado um herói nacional embora tenha sido o maior artista daquele país.

Gostaria de agradecer a todos os bravos militares que lutaram em todas as contra-revoluções e na 2ª Grande Guerra Mundial e sequer são lembrados por este país de MERDA.

Muito obrigado.

 


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XIV

19/03/2014

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?
Parte 13 – O esperado fracasso de Beltrame

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sábado, 15 de Março de 2014

Chegou ao fim o conto de fadas de Sérgio Cabral e a imprensa viajante do Rio de Janeiro. “Temos problemas de guerra no Rio de Janeiro, porque assim deixaram“. O secretário chuta o balde e tira o dele da reta. Beltrame fez menção a tal da UPP Social, que segundo ele poderia ter impedido as mortes. Ele não deve estar lendo os jornais quando afirma ter problemas só em uma ou duas das UPPs. Rocinha, Complexo do Alemão, Pavão-Cantagalo, Manguinhos, Lins, Mangueira, será que esqueci alguma? O Bope acaba de chegar no Alemão por tempo indeterminado. Isso que dizer que depois virão as Forças Armadas. Cadê as propagandas com aquelas pessoas sorridentes? A vida não tinha mudado para melhor? Só que…NÃO!! Quem vai gravar novela lá no Complexo agora? Todos sabem que são as Forças Armadas que tem aparato para invadir e controlar uma favela. E elas não estão mais atuando. Os criminosos também sabem disso. E o que era ruim ficou ainda pior. Botaram um monte de policiais novatos no meio dos lobos. Vagabundo tá brincando com os policiais, passando o rodo em qualquer situação. E aí Beltrame, vai querer candidatar-se para algum cargo ? Lembra quando você falou que a prisão do Nem era um grande passo no combate ao crime ? O Rio pacificado nunca existiu de fato. Com o exôdo dos criminosos para outras áreas você conseguiu apenas distribuir o mal por todo o Rio de Janeiro. Parabéns. Como o que importa na mídia é a Zona Sul, a maioria das ocorrências nem será divulgada. Aliás pelo visto nem nas UPPs a polícia quer se esforçar. Lembra da corrida da Paz ? Chega a ser ridículo lançarem o filme sobre a operação no Complexo justo na semana em que você teve que chamar o Bope para “controlar” a situação de novo. Mas não vou ser injusto com você caro Beltrame. Existem lugares em que a situação está tranquila. Lá na Nova Holanda e na Cidade Alta está tão tranquilo que os bailes funk estão bombando !! E no Jacaré ? Nem parece que foi ocupada pela polícia. O “comércio” está vendendo normalmente. Quem quiser é só ir lá conferir…

Não sei até que ponto o secretário está envolvido diretamente na farsa das UPPs, se de fato acreditou que o incompetente governador Sérgio Cabral estava interessado em ajudar a população das áreas ocupadas ou desde o começo já sabia do objetivo de criar essa situação de caos que culminará na Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro.

As Forças Armadas já estão de sobreaviso. E acho melhor elas começarem logo o trabalho…


The Dilma Deception¹

28/07/2013

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Domingo, 28 de Julho de 2013

Acabou. A carruagem presidencial voltou a ser abóbora. Nunca antes na história desse país o povão tinha feito uma coisa dessas. É claro que Dilma Bolada está mais para madrasta do que cinderela que perdeu o sapatinho mas agora ficou evidente. O Brasil das propagandas de televisão desapareceu repentinamente. Apareceu o brasileiro revoltado, bem ao contrário do que as pesquisas da FIFA indicavam. É a economia, seus estúpidos. Não essa dos telejornais, palavras diferentes para explicar o óbvio, a do dia a dia. Como é que vocês querem distrair o povo com o preço da cerveja subindo direto ? E os fumantes então ? Viraram uma espécie de leprosos. Com a elitização do Maraca vocês já perderam uma boa opção de alienação. Restam os bailes funk nas comunidades e os eventos “gratuitos” durante o ano inteiro (carnaval de rua, festas juninas, ano novo, etc…) sempre financiados por vocês. E tome cachê para artistas não criticarem o governo.

Mas o que houve com a “presidenta” ? A mãe do PAC (Programa de Aceleração da Corrupção) virou as costas para seus filhos ? Como ela não percebeu que o povo não queria só diversão e arte ? Não foi sequer avisada por seus muitos ministros ? Eis que a realidade vem a tona. Apesar de toda cumplicidade da mídia ficou evidente toda a incapacidade para ocupar o posto de chefe de estado. O marketing quis convencer as pessoas que a presidente é uma pessoa séria e competente e ainda tem a sensibilidade feminina. Nunca acreditei. Ela teve a cara de pau de anunciar um desconto nas contas de luz que na verdade é uma devolução do que foi cobrado a mais.

Isso é seriedade ?

Sua biografia na Wikipedia informa que não veio de família pobre, então pode ser que não saiba que quando os alimentos da cesta básica ficam mais caros o povo passa por um aperto e perde o bom humor. Com o quilo do feijão e da farinha subindo sem parar sobra menos para comprar a mistura. Até para os que recebem o bolsa sei lá o quê ficou complicado. Não adianta ficar distribuindo cartões para o povo comprar liquidificador com o preço das frutas, legumes e também o do leite em alta, ao contrário de Dilma nas pesquisas.

Isso é competência ?

A fórmula não mudou. Temos os governos gastando cada vez mais com mecanismos de controle dos cidadãos e buscando cada vez mais recursos da maioria para beneficiar a minoria pertencente ao seu sistema. Esses mecanismos são o que possibilitou que uma pessoa sem nenhum tipo de diferencial em sua biografia chegasse até o posto de chefe de estado. Embora o seu mentor e antecessor não possua formação acadêmica compatível com o cargo, ele tinha uma história, inclusive participando do teatro das eleições. Dessa vez não. A rede de benesses do estado já tinha alcançado um nível tão profundo que o personagem já não importava mais. A mídia e o povo adestrados para não cutucar os pontos fracos. Qualquer um que ousasse seria acusado de preconceito. E o mantra da primeira mulher presidente ecoou como se isso fosse a solução dos nossos problemas. A tal da sensibilidade feminina que faltava. O resultado está aí. Desde a demora a se manifestar até as atitudes tomadas na hora em que a parada ficou séria deixam claro que Dilma é uma farsa. Está com medo de ser deposta e quer mudar logo as regras do jogo. Aproveitar que está no poder e garantir um financiamento para sua campanha. Impedir que o povo possa escolher o candidato transferindo essa decisão para os partidos. Sabe que uma bomba relógio está em seu colo. O Brasil está na merda. Comprometeu-se com muitas coisas e a fatura está para ser liquidada. Onde erraram no cálculo ? O povo deveria segurar a onda até depois da Copa. Aí já seria tarde demais. Ou quem sabe o plano é este ? Convencer o povo de que é necessário um estado cada vez mais forte para que os benefícios continuem chegando aos que precisam, ou seja os que estão dentro do sistema.

E os que tem vergonha na cara “presidenta” ?

¹ Créditos para The Obama Deception de Alex Jones


A Revolta dos Playboys

01/07/2013

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Segunda-feira, 1 º de Julho de 2013

Sexta-Feira, início do Carnaval. Subo no ônibus na Barra em direção ao Centro via orla. Ao passar pela roleta noto os passageiros diferentes do habitual. Uma rapaziada jovem e forte. Nenhum negro. Bebendo e fumando cigarro. Aquela batucada típica dos bons tempos de Maracanã. Apesar do comportamento não houve desrespeito direto aos passageiros. A batucada foi virando destruição do ônibus. O linguajar era típico de integrantes de facções cariocas mas dentro do contexto deles. Estavam indo preparados para um confronto com rivais. O líder do grupo estava portando um soco inglês e incentivou os demais a não correr do pau. Quebraram o coletivo com muita vontade. Não devem usar essa linha. E assim seguimos viagem sem que o motorista tomasse qualquer atitude até a descida do grupo em Ipanema. Até uma janela foi arrancada. O sentimento era unânime entre os passageiros, uma mistura de revolta e perplexidade. Não aparentavam ser jovens de baixa renda, como dizem nos noticiários, logo esse tipo de atitude infantil incomoda muito os simples passageiros cotidianos, já revoltados com o péssimo serviço. Como eram muitos ninguém falou nada. E a vida seguiu.

Nunca pensei que a revolta dos playboys seria um fenômeno em grande escala que iria explodir no Brasil inteiro. Essa grande massa que está indo as ruas em sua maioria é composta por eles. Nas grandes metrópoles é grande o número de parasitas da sociedade. Pessoas que não trabalham nem informalmente e vivem as custas de outras pessoas e/ou do governo. Não estou falando dos pensionistas e das donas de casa, mas provavelmente de seus dependentes. Estou falando de um fenômeno que impacta diretamente na economia de todo o país. Seja o estudante de uma vida inteira que nunca vai se formar ou aquele favelado que vive entre os mundos do tráfico e do carnaval. Estou falando dos jovens que nunca assumem nenhuma responsabilidade em suas vidas vivendo sob a sombra dos pais.

Que moral tem essa juventude exaltada pela mídia manipulada para protestar por qualquer coisa ? Como alguém pode protelar um negócio chamado passe livre ? Provavelmente pessoas que não tem noção do que é ganhar dinheiro. Pessoas que acreditam que uma entidade chamada governo deve prover tudo em suas vidas, assim como seus pais fazem. Diante da realidade que se impõe na forma da crescente crise econômica do Brasil os playboys revoltados foram para a rua fazer pirraça quebrando tudo. Estão de fato apavorados. Muitos já ficaram sem suas empregadas domésticas. Um duro golpe.

Embora muitas pessoas trabalhadoras tenham juntado-se aos protestos conferindo uma certa legitimidade, até por causa dos gastos superfaturados com os eventos, quem foi chamado para conversar foram os estudantes.

Falem sério, vocês acham que as pessoas que moram longe do Centro do Rio ficariam protestando até tarde ? Os usuários dos ramais Japeri e Santa Cruz devem ficar preocupados com a hora em que vão chegar em casa. Se nos dias normais já é complicado, imagina nos dias de baderna.

Vou deixar bem claro o que penso a respeito dessa onda de protestos com relação ao Rio de Janeiro. Assim como os playboys que quebraram o ônibus existem em todas as classes sociais pessoas que aproveitam-se de situações para praticar ações que prejudicam outras pessoas sem nenhuma relação com a luta pelo bem coletivo. Pensam apenas em si próprias. Os saques nas lojas e os arrastões na Avenida Brasil são a prova disso. E a mão da justiça continua agindo da mesma forma. Os playboys meteram a porrada na PM mas não ficaram na cadeia e os favelados que não deram tiro no Bope foram para o cemitério. E ainda ficam gastando milhões em propaganda para dizer que o Rio de Janeiro está mudando. E o pior é que sou obrigado a concordar. Zumbis do crack, engarrafamentos diários, imóveis supervalorizados, alto custo de vida. Até o Maracanã não é mais para o povão.

Estou começando a me sentir como se morasse em São Paulo…