Médico israelense na Itália: não atendemos mais as pessoas acima de 60 anos

24/03/2020

Dr. Gai Peleg disse à televisão israelense que no norte da Itália as ordens são para que pessoas com mais de 60 anos não tenham acesso aos aparelhos de respiração.

https://www.jpost.com/International/Israeli-doctor-in-Italy-We-no-longer-help-those-over-60-621856

Jerusalém Post 23 de Março de 2020 18:56hs

Médico atendendo na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Jinyintan em Wuhan, epicentro do novo surto de coronavírus. Foto: REUTERS

Rorschabr
PlanetaPrisão
24 de Março de 2020

A Itália já teve mais mortes relacionadas ao coronavírus do que a China, com 4.825 confirmadas e 5.000 infectados nas últimas 24 horas, informou o Canal 12 no Domingo.

O médico israelense Gai Peleg, atualmente trabalhando para salvar vidas em Parma, na Itália, disse ao Canal 12 que as coisas estão piorando à medida que o número de pacientes aumenta.

Como seu departamento recebe pacientes com coronavírus que estão em estado terminal, o foco é permitir que os pacientes encontrem seus entes queridos e se comuniquem com eles durante seus últimos momentos, apesar das regras de quarentena. Outros relatórios afirmam que, à medida que o número de mortos aumenta, algumas famílias se vêem incapazes de garantir um enterro adequado para seus entes queridos.

Peleg disse que, pelo que vê e ouve no hospital, as instruções são para não permitir acesso aos aparelhos de respiração artificial a pacientes com mais de 60 anos, visto que são em um número limitado.

Atualmente, Israel está comprando milhares de aparelhos respiratórios e eles devem chegar ao país em meados de maio. No Sábado, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel está usando todos os meios necessários para garantir equipamentos médicos para ajudar os pacientes durante a pandemia.

Ele acrescentou que todos os serviços de saúde do mundo enfrentam escassez devido à natureza rápida e inesperada do surto de COVID-19.


Os cidadãos desobedecem a proibição de armas de fogo na Nova Zelândia – somente 530 de 300.000 pessoas devolveram suas armas

21/06/2019

Após a Nova Zelândia proibir as pessoas de possuírem armas em resposta ao terrível tiroteio em Março, a grande maioria recusa-se a cumprir a lei.

Por Matt Agorist , 6 de Junho de 2019

Artigo original

Em março, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou a primeira de uma série de medidas para restringir os direitos dos cidadãos da Nova Zelândia de se protegerem com armas de fogo. Essa atitude foi uma resposta direta aos horríveis assassinatos ocorridos no dia 15 de março. Coincidentemente, essa é a atitude exata que o terrorista responsável pelos ataques tinha previsto e esperava. No entanto, a boa notícia é que a maioria dos cidadãos se recusa a entregar suas armas.

O terrorista que assassinou 50 pessoas no início deste ano empenhou-se em uma clássica ação de propaganda de seus atos, ele previu – acertadamente – que seu assassinato provocaria restrições ao direito de posse de armas. Os legisladores morderam a isca.

“No dia 15 de março, nossa história mudou para sempre. Agora, nossas leis também,” disse Ardern enquanto fazia a vontade desse terrorista. “Estamos anunciando hoje ações em nome de todos os neozelandeses para fortalecer nossas leis sobre armas e tornar nosso país um lugar mais seguro.”

“Estamos proibindo hoje coisas usadas no ataque da última Sexta-feira” , disse ela, acrescentando: ”É de interesse nacional, trata-se de segurança e interesses coletivos.”

No entanto, segundo uma nova reportagem do NZ Herald, os cidadãos sentem-se “mais seguros”, possuindo suas armas.

Estima-se que cerca de 250.000 pessoas na Nova Zelândia possuam armas semi-automáticas, recentemente proibidas. Calcula-se que esses 250 mil proprietários de armas – transformados em criminosos da noite para o dia pelo governo – possuem cerca de 300 mil armas de fogo.

Desde que o governo tentou desarmar essas 250.000 pessoas, apenas 530 armas foram entregues.

Autoridades do governo estão atribuindo o baixo índice de entrega aos cidadãos que querem ser devidamente ressarcidos por suas armas. No entanto, a situação é provavelmente muito mais complexa.

“Se eles estão sendo sinceros sobre suas preocupações e garantirem uma compensação justa e razoável, os donos de armas de fogo vão esperar um pouco mais para ter certeza quando forem ressarcidos” disse ao NZ Herald, a Secretária do Conselho de Proprietários de Armas de Fogo Licenciadas, Nicole McKee,

“Estamos de fato sendo punidos pelos atos de um terrorista estrangeiro, e queremos ter certeza de um justo ressarcimento pelo confisco de nossa propriedade pessoal e privada”, disse ela.

Mas é provável que essas pessoas realmente não queiram desarmarem-se, pois essa é sua única defesa contra esses terroristas. As pessoas certamente não querem ter suas armas confiscadas sem uma compensação. No entanto, não há quantia em dinheiro que possa compensar alguém para ficar indefeso.

Como o TFTP 1 já informou antes, dependendo da tendência do governo, a vida em sociedades desarmadas pode continuar pacificamente por um tempo. No entanto, em alguns casos, milhares de cidadãos – homens, mulheres e crianças – são assassinados quando governantes corruptos e criminosos são os únicos com armas.

Até quando o controle de armas parece funcionar a curto prazo, os bodes expiatórios nunca estão satisfeitos. Atualmente no Reino Unido, políticos estão apontando facas como “armas perversas” que nenhum cidadão cumpridor das leis tem necessidade de utilizar.

Basta colocar armas nas mãos de pessoas do bem para equilibrar o jogo contra as pessoas do mal armadas. É simples assim. Como esse trágico caso explica, bandidos sempre obterão armas, mesmo com leis proibindo.

A atitude protecionista de tirar armas de cidadãos obedientes à lei no intuito de mantê-las fora do alcance de criminosos é ineficaz, egoísta, unilateral e ignora não apenas os benefícios de uma sociedade armada mas também a própria História. E serve apenas para facilitar a opressão em cima dos que não podem defender-se.

Sem dúvida é uma ideia espetacular poder viver em um mundo sem armas mas não é assim que funciona na prática. Enquanto não funcionar, qualquer um que intente proteger a si e a sua família deve estar apto para fazê-lo da maneira que melhor entender – já que a única outra opção é uma ditadura.

1 Não existe referência no artigo original, acredito que o autor refere-se ao Terrorist Finance Tracking Program (TFTP)
https://home.treasury.gov/policy-issues/terrorism-and-illicit-finance/terrorist-finance-tracking-program-tftp


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XVIII

01/11/2017

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?

Parte 17 –

A EXTINÇÃO DA PM-RJ

Rorschachbr
PlanetaPrisão
01 de Novembro de 2017

A extinção da Polícia Militar do Rio de Janeiro é questão de tempo.
Não significa a anarquia total na área de segurança pois já estão em curso as mudanças para a substituição dos policiais por tropas federais.

A razão é principalmente de ordem econômica, essa corporação é um dos maiores ralos da verba do governo estadual. É claro que podemos relatar os vários recentes escândalos de corrupção e afirmar que existe dinheiro para a polícia. Mas também não se trata dessa perspectiva. Estou me referindo a inutilidade da corporação se analisarmos a crua realidade:

A POLÍCIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO É UMA ENTIDADE QUE SERVE AO MAL

 

Continua…

 

 

 


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XVII

24/09/2017

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?

Parte 16 – Favela Wars – O Sistema Contra Ataca

Rorschachbr
PlanetaPrisão
24 de Setembro de 2017

Resultado de imagem para o dono do morro um homem e a batalha pelo rio

A história do criminoso Nem virou livro

A situação atual do Rio de Janeiro não traz novidade alguma. Todo o estardalhaço em torno da ocupação militar da favela da Rocinha já sabemos que é para desviar a atenção de outros fatos. Políticos, como sempre, mas não apenas estes.

No entanto acho importante ressaltar que o sistema demonstra o controle da situação quando nota o menor sinal de ameaça. Não pensem que o sistema está preocupado com a situação dos moradores de qualquer favela. Pouco importa se a qualidade de vida dessas pessoas simplesmente acabou. O sistema está preocupado com sua sobrevivência. Nada além disso. Com que autorização um reles assaltante subiu o preço dos serviços básicos na favela? É comum que certos criminosos achem que são literalmente ” o dono do morro ” quando alçados a uma posição de comando.

O líder criminoso Nem foi um exemplo de administração mas trata-se de uma exceção. A liberdade de qualquer criminoso custa dinheiro e como qualquer empresa o tráfico tem lucros, despesas, folha de pagamento, pensões, etc…

Não pode ser taxado de bondoso apenas percebeu que a manutenção da paz traria menos riscos ao seu negócio. A Rocinha estava consolidada até a intervenção da UPP. Seu longo reinado só foi possível graças a própria política de evitar enfrentamentos. Mas é claro que mesmo assim o custo é altíssimo. Muitos ficariam espantados assistindo a negociação entre o sistema e o crime. Não há qualquer sinal de hostilidade entre as partes. Puro profissionalismo. Pode ser traumático para os que tem por verídico o filme Tropa de Elite.

O sistema é o crime, é a polícia retirando criminosos na viatura, é o governante ladrão fingindo ser justo, é o morador da favela saudoso da desordem, é o artista global drogado na favela, é a criança seguindo exemplos tortos, é a novela exaltando a vida bandida, é a mãe cheirando cocaína no bar, é o pai alcoolátra otário, é o artista que age como se fosse pobre, é a vergonha de estudar, é a preguiça de ler, é a música ritualística sexual, a perda de todas as referências de coletividade, é a mídia que protege a mentira.

O sistema é o verdadeiro dono do morro. O sistema coordena o monstruoso teatro da implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro. Não mexa com o sistema. Não há como impedir seus objetivos. O marionete está preso mas aqueles que puxam as cordas continuam atrás das cortinas. Está apenas começando. Eu avisei…

 


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XVI

16/02/2017

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?
Parte 15 – Guerra Civil Urbana Total

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Agosto de 2017

Como mencionado no artigo anterior as Forças Armadas seriam enviadas ao Rio de Janeiro para o controle da situação de completo caos e terror nas ruas.

         exercito jacare

         blindados

Até o momento os resultados apresentados foram pífios e até mesmo vergonhosos para quem não entende que o estado do Rio de Janeiro está sob intervenção federal permanente.

O objetivo é fazer com que a população aceite a presença das forças armadas federais de forma incontestável. Diante da situação caótica que foi se espalhando pelo Rio de Janeiro mesmo este que vos escreve não tem argumentos para ser contra a necessidade visto que é notório que o chamado poder paralelo há mais de 20 anos vem investindo na mais moderna tecnologia de ponta ao contrário do ineficiente poder estatal e sua estrutura propositalmente sempre defasada.

               Fuzis aeroporto

O cenário de guerra desenhado no complexo do Jacaré tem um aspecto muito mais psicológico do que real.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/moradores-do-jacarezinho-estocam-alimentos-e-mudam-rotina-durante-o-que-chamam-de-operacao-vinganca.ghtml

Entenda que é imensamente desproporcional a relação entre a rotina de terror dos moradores comparado a rotina dos criminosos e agentes do estado envolvidos.

Os confrontos ocorrem de uma forma que as pessoas mais prejudicadas não participam diretamente mas tem suas vidas destruídas mais do que os próprios combatentes.

A liberdade é uma coisa preciosa e o sistema está retirando de uma forma sutil e minuciosa das pessoas esse direito. Terrorismo é a palavra para definir o que os moradores das regiões mais sinistras do Rio de Janeiro estão experimentando.

A falsa solução apresentada foi desmascarada mas os graves danos causados pela mentira propagada pela mesma mídia que hoje critica e condena os falsos messias políticos são irreversíveis.

Preparem-se para um cenário de desordem urbana e caos social em breve…

 


Como robôs logo vão tirar a virgindade dos adolescentes: Professor avisa que sexo com bonecos pode impedir pessoas de criarem relações com humanos

03/07/2016

Adolescentes podem perder a virgindade com robôs sexuais no futuro, alerta especialista

Professor afirma: bonecos sexuais androides podem trazer consequências terríveis para a sociedade

Bonecos robôs sexuais realistas com reconhecimento parcial de voz já estão nos mercados dos EUA e Japão

Por COLIN FERNANDEZ correspondente de ciências para O DAILY MAIL

http://www.dailymail.co.uk/news/article-3634399/How-robots-soon-teens-virginity.html#ixzz4CzGouVz1

Tradução: Rorschachbr
PlanetaPrisão,
03 de Julho de 2016

Adolescentes podem perder a virgindade com robôs sexuais no futuro, predisse ontem um dos maiores especialistas.

Professor Noel Sharkey, professor emérito de robótica da Universidade de Sheffield, advertiu que bonecos sexuais androides podem trazer consequências danosas para a sociedade.

Ele disse que assim como o crescimento da pornografia na Internet pegou o governo de surpresa, uma tremenda revolução robótica semelhante está a caminho – com extensas consequências.

Professor Noel Sharkey, professor emérito de robótica da Universidade de Sheffield, advertiu que bonecos sexuais andróides podem trazer consequências danosas para a sociedade se os adolescentes perderem a virgindade com eles.(imagem de arquivo)

O professor Sharkey, discursando no Festival de Ciência de Cheltenham, explicou que ele era “ bastante flexível em relação a sexo. ”

Mas ele explicou: “ Não é um problema fazer sexo com uma máquina. Mas e se for sua primeira vez, a sua primeira relação? ”

“ O que você pensaria sobre o sexo oposto, então? O que você acharia que são um homem ou uma mulher? ”

Ele acrescentou: “ Isso vai atrapalhar no mundo real, impedir que as pessoas criem relações com pessoas normais. ”

Bonecos robôs sexuais realistas com reconhecimento parcial de voz já estão nos mercados dos EUA e Japão.

Dispositivos como Roxxxy (foto), possuem recurso opcional de “ fala ”, já podem ser adquiridos on-line por cerca de £ 7.000

Professor Sharkey disse que essas bonecas não devem ser vendidas a menores de 16 anos, mas que inevitavelmente cairão nas mãos de adolescentes.

Ele disse: “ Robôs sexuais estão disponíveis atualmente e certamente [serão populares] dentro dos próximos dez anos. Eu acho que haverá um limite de idade. Com certeza deverá existir, mas se o seu pai ou sua mãe tiverem um, você poderá utilizar em segredo.

Atualmente os bonecos robôs sexuais disponíveis variam, destacando-se o modelo chamado TrueCompanion – Roxxxy para o modelo feminino e Rocky para o masculino – vendido por £ 6.900 nos EUA. As bonecas podem ser personalizadas e a empresa oferece uma infinidade de tons de pele, rostos e cores de cabelo para os clientes poderem escolher.

Entretanto, os robôs realmente autônomos que podem ” pensar ” e agir como seres humanos estão ainda há alguns anos de distância.

Outro especialista em robótica, Dra. Kathleen Richardson, da Universidade de Montfort, pediu que os bonecos sexuais tenham sua importação proibida na Grã-Bretanha.

Ela afirmou à BBC no ano passado: “ robôs sexuais parecem ser um foco crescente na indústria da robótica e os modelos que são produzidos – em relação a aparência e as funcionalidades – são certamente perturbadores. ”

” Nós acreditamos que a invenção desses robôs prejudicará ainda mais as relações entre homens e mulheres, adultos e crianças, homens e homens, e mulheres e mulheres. ”

Adolescentes sob risco de perder sua virgindade com sofisticados robôs humanóides como Roxxxy. (foto)


Os “Artistas” Contra O Povo

20/05/2016

Hipócritas e parasitas revelam o desprezo pelas pessoas que os idolatram e mostram sua verdadeira face

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sexta, 20 de Maio de 2016

Hypocrites and parasites,will come up and take a bite.
Hipócritas e parasitas vão aparecer e dar uma modida.
Bob Marley
não poderia ser mais preciso.
A máscara caiu. A carapuça serviu.

Em um momento de grave crise econômica do Brasil os “artistas” estão seriamente preocupados com a extinção do ministério da cultura. Não estão preocupados com os problemas das pessoas comuns, aquelas que consomem sua “arte”. O processo que seguiu o que está na Constituição foi chamado de “golpe”. Defesas apaixonadas da manutenção da “presidenta” que enganou a nação escondendo a problemática situação da “pátria educadora” com argumentos pífios. O atual presidente, Michel Temer, teve exatamente a mesma quantidade de votos que a ex. Eram da mesma chapa.

Em uma época que pessoas comuns estão perdendo seus empregos alguns estão recebendo cachês fora da realidade. Em uma época que a violência aumentou de forma assustadora alguns estão comprando carros blindados. Em uma época que os serviços de saúde pública não conseguem nem atender as necessidades básicas das pessoas alguns estão preocupados com seus próximos procedimentos estéticos.

Apesar do presidente Michel Temer ter cedido as pressões e ter deixado o inútil Ministério da Cultura do jeito que sempre foi, apesar dos escândalos relacionados a Lei Rouanet (que isenta de impostos quem gasta com babaquice só por dizer que é cultura), apesar da sacanagem que estão fazendo até com quem precisa do seguro desemprego, tem gente que está vivendo há mais de 2 meses no prédio do MinC no Rio de Janeiro.

Estão ainda esperançosos /de que sua mãezona volte ao poder e prossiga com o pagamento de suas mesadas. Que tipo de pessoa fica vivendo em um prédio público ?

Essas pessoas trabalham, tem família, residência, filhos? Como conseguem se sustentar?

A polícia federal teve que ser utilizada para retirar os desocupados mas mesmo assim eles não querem ir para as suas casas e resolveram fazer um “ viradão cultural ”.


O FIM DO GOVERNO FANTASMA QUE OPRIMIU UM POVO ZUMBI

13/05/2016

O Brasil Inexistente retratado nas propagandas não resistiu a dura realidade da alta do custo de vida. Choram apenas os dependentes do governo virtual

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sexta, 13 de Maio de 2016

Game Over para a “presidenta”. A mulher que só foi eleita porque Lula a indicou e apoiou entrou para a história. De desconhecida tornou-se a primeira mulher presidente e também a primeira a ser afastada.

Não consegue sequer discursar com fluência. É de se admirar o quanto a sociedade brasileira despreza o saber e o conhecimento pois se tivesse ocupado qualquer cargo executivo nunca chegaria a presidência porque sua falta de capacidade ficaria evidente assim como Lula que nunca comandou nada antes.

O fato de não possuir beleza externa não significa inteligência ou caráter, mas qualquer tipo de insinuação em relação as suas competências técnicas era qualificado de preconceito conferindo uma espécie de imunidade contra críticas. Não tem nenhum feito nos cargos que ocupou mas foi apresentada como a super gerente.

Sempre apresentada como alguém que lutou contra a ditadura militar e supostamente foi torturada. Se lutou contra a ditadura junto aos grupos paramilitares comunistas então era uma terrorista e queria dar um golpe de estado, e aí chegamos ao ponto de que todos dizem ter sido torturados para receber sua indenização e pensão, mas como provar ?

A rapaziada do bolsa-família, bolsa-cultura, bolsa-viciado e outras entraram em pânico mas a realidade sempre se impõe. Fuderam o país simplesmente porque foram dando benefícios e facilidades sem usar a boa e velha máquina de calcular. Não tem como gastar mais do que se arrecada gente!! Sabemos que não estudar é um grande apelo de marketing usado por um certo político que até mesmo orgulha-se disso, embora pudesse ter concluído no mínimo 2 faculdades pelo simples fato de não trabalhar durante anos…

O governo fantasma fala em conquistas sociais dos anos em que esteve no poder. Vou ser honesto e reconhecer que só posso falar com propriedade do lugar de onde sou cria: Rio de Janeiro. E bem, as notícias daqui não são animadoras como todos devem saber acompanhando as recentes notícias.

Talvez eu esteja com inveja dos outros, afinal de contas não fui beneficiado por nenhuma política de “bem-estar social”. Só recebo do sistema o seguro-desemprego e o abono salarial e não foi o governo fantasma que inventou isso. Talvez eu deva considerar-me um privilegiado pelo fato do meu falecido avô, imigrante português que morreu analfabeto, ter conseguido me deixar um pedaço de terra. Ou meu falecido pai, imigrante nordestino e militar, ter conseguido me deixar uma casa simples. Sou grato a esses dois patriarcas e não ao governo fantasma e sua mãe do PAC. Aliás desde pequeno aprendi que o comando do lar pertence ao macho, que por sua vez tem a obrigação de trabalhar e proteger a família. Estudei em escola particular até o penúltimo ano e conclui ainda um curso de inglês. Devo destacar que minha mãe teve papel fundamental porque sempre falava que não me colocaria na escola pública pois via os alunos voltando quase todo dia para casa sem aulas. Será que sou uma espécie de precursor dos “coxinhas”, termo recente cujo significado me remete ao termo “playboy”, que nas antigas era sinônimo de pessoas com uma boa condição de vida ? Os “mortadelas” de plantão já devem estar achando que sim. Sinto desapontá-los. Não posso ocultar de vocês que sou cria da favela e lá não é como nas novelas da Glória Pérez.

Graças a Deus não moro mais na favela, que hoje em dia é insuportável. Todas. Se um dia tiver que voltar será um retrocesso na minha vida. É uma merda morar em qualquer favela do Rio. Não é de longe como era antigamente. A natureza foi destruída para dar lugar a casas em cima de casas sem qualquer planejamento. Apesar da mídia adorar a palavra comunidade o que se tem são pessoas sem vínculos afetivos e muito, muito mal educadas. Som alto a qualquer hora do dia, diversas pessoas sem ocupação recebendo algum tipo de benefício, alto consumo de drogas, crianças criadas na porta de bar, enfim, gostaria que alguém me apontasse as tais conquistas sociais. As pessoas de bem evitam ficar na rua pois o vagabundo hoje não tem mais o respeito que tinha pelos moradores e o que vale é a lei do terror.

O Rio de Janeiro inteiro hoje é uma desgraça, não só nas favelas, mas elas são a parte mais visível das mentiras contadas pelo governo fantasma e divulgadas pela mesma imprensa que hoje não pode mais sustentá-las. Ou vocês não acham que o povo zumbi desceria em massa para fazer tumulto nas ruas se estivesse feliz ? E sabem por quê isso não aconteceu ? Não mesmo ? Simples. Cerveja, cigarro e o churrasquinho na laje estão muito, muito mais caros. Com as UPPs também passaram a pagar conta de energia elétrica com medidores tão larápios quanto os candidatos caô caô (copyright Bezerra da Silva) e contas de água que sempre chegam ao contrário da água que não é certa.

No momento estamos vendo apenas os “artistas” protestarem contra a queda do governo fantasma. Bem, pelo menos até o momento ninguém falou em acabar com o Carnaval e o Reveillon, na minha opinião eventos que são o maior desperdício de verba pública. O pão está mais caro mas o circo continua garantido. Ao pobre resta cheirar maisena e fermento em pó achando que cocaína ou fumar crack, que ainda estão em conta, isso sim é que é um verdadeiro golpe contra o povo.


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XV

06/05/2016

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?
Parte 14 – O Verdadeiro Efeito UPP : Caos e Terror no Rio de Janeiro

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Sexta, 06 de Maio de 2016

PM do Bope morre e 2 são baleados na Providência
PMs são encurralados durante tiroteio em Manguinhos
Gravação mostra pedido de ajuda de PMs encurralados em Manguinhos
Estatística de policiais mortos e baleados em 2016

Essa é a realidade do Rio de Janeiro hoje.
Acabou a palhaçada propagada durante anos pelos meios de comunicação.
Vou refrescar a memória de vocês:
‘Efeito UPP’ na valorização de imóveis chega a 15%
Dilma promete levar UPPs à Baixada Fluminense
José Mariano Beltrame, sobre o sucesso das UPPs: ‘Tráfico não tem plano B’

A imprensa que hoje critica o caos evidente no Rio de Janeiro é a mesma que ajudou a enganar a população não apontando as mentiras contadas na época pelos políticos.

Como as novelas em que as favelas são retratadas por autores que não tem a mínima idéia da vida miserável dos moradores dessas áreas assim foram as absurdas matérias veiculadas repetidamente nos meios de comunicação exaltando um sucesso inexistente de um projeto que destruiu o Rio de Janeiro.

Agora a população já está preparada para aceitar novas e duras leis para ‘proteger’ os cidadãos.

É inevitável a guerra civil no Rio de Janeiro. As Forças Armadas serão obrigadas a executar centenas de criminosos já que a situação está fora do controle.

Sim, estou afirmando categoricamente que não há mais condição do Estado do Rio oferecer a seus cidadãos proteção. Estamos por nossa própria conta.

Aqueles que residem nas áreas pacificadas já sabem disso. Os criminosos estão mais poderosos. Mais cruéis e insanos. O sistema despeja eles de volta a cada feriado.
Acabou a era do assistencialismo do tráfico. Não há mais necessidade de contar com a simpatia dos moradores. A polícia é humilhada na favela, não há a quem recorrer.

Chegamos a Era do Terror…


O FUTURO SOMBRIO DO BRASIL

07/10/2014

Rorschachbr
PlanetaPrisão
Terça-Feira, 26 de Outubro de 2014

Dilma ou Marina ? Puta que pariu, olhe onde chegamos! Duas pessoas sem qualificação para comandar qualquer coisa. E o pior é que uma delas é presidente da nossa nação. Estamos fudidos de fato. Mesmo que a mestre Yoda tenha ficado fora do 2º turno só o fato de termos corrido o risco dela chegar já é um perigoso sinal. O acidente com o avião do candidato Eduardo Campos não cheira muito bem, até porque a vice deveria estar com ele. Mas não estava. E não houve nenhuma foto de Marina informando o local onde ela estava no momento exato do acidente. Ela desistiu na última hora… isso não é muito estranho ?

É óbvio que nenhum candidato é “flor que se cheire” mas Campos simbolizava um padrão diferente: branco, casado, cinco filhos, economista, família com tradição política, forte em seu estado, ao estilo J.F. Kennedy. Com certeza isso iria render votos ao falecido candidato, pois o eleitor sempre busca uma identificação pessoal com os seus candidatos. Dificilmente eu votaria em uma mulher, ainda mais para presidente! Campos expunha sua família com orgulho, como deve ser feito por qualquer patriarca. Dilma e Marina não. Aliás Dilma nem tem marido, é separada. E não são mulheres belas. Seria mais um ponto certo para o falecido: família tradicional.

Aécio virou a esperança de tirar o PT do poder. Bem ele é amigo de Sérgio Cabral, precisa falar mais alguma coisa? Sim, estamos muito fudidos ! É um playboy que vivia mais no Rio do que em Minas, onde era governador. Ainda assim o discurso dele é o único em que se pode cobrar alguma coisa. Dilma e Marina não. Elas simplesmente não conseguem expressar-se de forma clara. São duas mulheres cínicas, mentem e dissimulam em tudo que podem. Marina é ainda mais cara de pau, pois se apresenta como “cristã”, mas na maioria dos temas críticos fica em cima do muro, e isso não é uma postura cristã. Sim ou não, Mateus 5:37.

A polarização da sociedade é um excelente mecanismo de manipulação das massas, visto que não permite um raciocínio individual. No caso da eleição temos o pobre x rico, minorias x conservadores, além do tradicional fêmea x macho. E a pessoa que escolhe um lado que não é o esperado já é excluída de alguma forma. Seja um negro que vai votar no Aécio ou um rico que vai votar na Dilma, sempre há alguma forma de contrariedade sob a ótica de outra pessoa. Mesmo que os motivos sejam plausíveis haverá um contra argumento automático. Foi criada uma divisão artificial do Brasil, na marra. A situação do país continua piorando e as desculpas para os dois lados continuam as mesmas. A vitória do PT significa que a sociedade não se preocupa mais com o coletivo, pois a corrupção foi comprovada. A sociedade já perde quando é preciso que o outro candidato comprometa-se a manter programas de ajuda financeira. Por outro lado o PSDB não representa mudança e sim outro tipo de controle, apenas representa outros setores da sociedade. A agenda oculta é idêntica para todos os partidos. E continua avançando.

Até mesmo no cenário internacional existe a dualidade. Ainda o antigo comunismo x capitalismo, adaptado aos tempos atuais. O impacto de saber que o controle do país vai continuar nas mesmas mãos talvez seja o maior argumento para aqueles que ainda creem na lisura do pleito compareçam para votar na oposição, que não inspira confiança, mas apenas uma rotatividade na roubalheira.

Pessoalmente, não gostaria de ver a cara de triunfo de Dilma. E Lula.
Pessoalmente, acho que muitos merecem Dilma de novo. E Lula.
O futuro é sombrio…