Taxa de mortalidade pelo Coronavírus é maior na América por causa da obesidade

03/04/2020

Quinta, 2 de Abril de 2020 porEthan Huff
https://www.naturalnews.com/2020-04-02-coronavirus-death-rate-higher-america-rampant-obesity.html


Rorschabr
PlanetaPrisão
0
3 de Abril de 2020

Obese-People

(Natural News) Uma das cidades mais obesas da América também possui uma das maiores taxas de mortalidade pelo Wuhan coronavírus (COVID-19), uma correlação que os especialistas dizem não ser coincidência.

Como se pode observar, estar obeso aumenta consideravelmente o risco de alguém morrer de coronavírus, o que explica parcialmente por que Nova Orleans atualmente tem uma taxa de mortalidade sete vezes maior que a de Nova York e dez vezes maior que a de Seattle.

Quando convidados a comentar essa disparidade, médicos e autoridades de saúde pública, juntamente com dados científicos disponíveis, parecem concordar que estar gordo é (sem trocadilhos) o maior elefante da sala¹.

Estamos justamente doentes ”, afirmou Rebekah Gee, ex-secretária de saúde da Louisiana e atual chefe da divisão de serviços de saúde da Universidade Estadual da Louisiana, sobre a situação. “ Já tínhamos enormes disparidades na área da saúde antes dessa pandemia – só podemos imaginar agora que elas estão aumentando ”

Assim como Nova York e Seattle, Nova Orleans foi uma das primeiras “ zonas de intensidade ” em que os casos do Wuhan coronavírus (COVID-19) começaram a subir de forma mais rápida do que nas outras áreas do país. E desde o início ficou evidente que em nenhum outro local ocorreram tantas mortes.

Como os moradores de Nova Orleans sofrem com taxas significativamente mais altas não apenas de obesidade, mas também de diabetes e hipertensão, os especialistas concluíram que essa é a causa mais provável por que mais pessoas na Big Easy² estão contraindo o vírus e consequentemente morrendo.

Ouça abaixo o The Health Ranger Report, onde Mike Adams, o Guardião da Saúde, fala sobre a estimativa de que 90.000 pessoas na América podem morrer do Wuhan coronavírus (COVID-19) no mês de Julho:

https://www.brighteon.com/a9b8534f-586a-4710-9ec8-d0efa5669bfe

97% das mortes por coronavírus na Louisiana ocorreram em pessoas com condições pré-existentes

Não é apenas Nova Orleans mas todo o estado da Louisiana possui altas taxas de obesidade, diabetes e hipertensão. Isso explicaria por que o diabetes foi identificado em 40% das mortes até agora, juntamente com a obesidade em 25% das mortes; doença renal crônica em 23% das mortes; e problemas cardíacos em 21% das mortes.

No total, cerca de 97% das mortes pelo Wuhan coronavírus (COVID-19) na Louisiana até agora foram de pessoas com essas ou outras condições de saúde pré-existentes, o que dá credibilidade à idéia de que esse vírus é mais grave em pessoas que já não estão em boas condições de saúde.

Muitos acreditam que esses dados são um prenúncio para outros estados do sul, que também estão entre os mais obesos do país. Estados como Alabama e Carolina do Sul podem ter taxas de mortalidade igualmente altas do COVID-19, porque também apresentam taxas de obesidade acima da média.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos relatam que, de maneira geral, 78% dos pacientes com Wuhan coronavírus (COVID-19) que ingressaram nas unidades de terapia intensiva (UTIs) tinham uma condição de saúde subjacente, como diabetes, doença cardiovascular ou doença pulmonar crônica.

O que nos preocupa aqui é que temos mais pessoas em nossas comunidades com essas condições ”, afirmou o Dr. Joseph Kanter, médico do setor de emergência e principal autoridade de saúde pública de Nova Orleans.

Estamos mais vulneráveis do que outras comunidades, e o número de mortes que temos presenciado explica isso ”.

Atualmente, Nova Orleans é classificada como uma das piores cidades da América em obesidade, diabetes e pressão alta. Quase metade da população tem pressão alta, enquanto 36% dos residentes são obesos.

O ônus da doença na Louisiana e no sudeste é maior do que no resto do país ”, acrescentou Rebekah Gee.

Mais informações recentes sobre o Wuhan coronavírus Wuhan (COVID-19) estão disponíveis em Pandemic.news.

¹ Elephant in the room, em português: Tirem o elefante da sala, expressão usada para definir um assunto óbvio, porém não comentado

² Um dos apelidos da cidade de Nova Orleans

Fontes adicionais para este artigo incluem:

News.Trust.org

Radio.NaturalNews.com


As regras do Coronavírus são ‘ um caminho histérico rumo a um estado policial ’, adverte ex-juiz da Suprema Corte

01/04/2020

O ex-juiz da Suprema Corte Lord Sumption atacou as medidas pesadas tomadas pela polícia de Derbyshire
https://www.mirror.co.uk/news/politics/coronavirus-police-state-hysterical-slide-21780341

Por Nicola Bartlett Correspondente Político
30 M
arço de 2020 às 14:35hs
ATUALIZADO em 30 de Março de 2020 às 14:41

LordSumption

Rorschabr
PlanetaPrisão
01 de Abril de 2020

Um ex-juiz da Suprema Corte alertou que o público está apresentando sinais de ” histeria coletiva ” por causa do  coronavirus.

Lord Sumption, que se aposentou como juiz da Suprema Corte do Reino Unido em 2018, criticou a maneira como algumas forças policiais estão interpretando as novas regras.

Ele disse: “ A pressão sobre os políticos vem das pessoas, elas querem ações. Elas não pensam se as ações vão funcionar, não se perguntam se valerá a pena pagar o preço – elas querem ações de qualquer maneira ”.

Lord Sumption disse ao The World At One, da Rádio 4: “ Quem estudou história irá reconhecer aqui os sintomas clássicos de histeria coletiva ”.

A histeria é contagiante. Estamos indo por um caminho em que exageramos a ameaça e paramos de nos perguntar se a cura pode ser pior que a doença ”.

DerbyPolice

Ele acrescentou: “ Sim, isso é sério, e, sim, é compreensível que as pessoas clamem pelo governo, mas a principal questão é: isso é sério o suficiente para justificar colocar a maior parte da nossa população em prisão domiciliar, destruindo nossa economia por um períodoindefinido, destruindo negócios que pessoas honestas e trabalhadoras levaram anos para construir, sobrecarregando as gerações futuras com dívidas ” ?

Depressões, estresse, ataques cardíacos, suicídios e dificuldades inacreditáveis infligidas a milhões de pessoas que não são tão vulneráveis e sofrerão apenas sintomas leves ou nenhum, como o Secretário de Saúde e o Primeiro Ministro ”.

Bluelagoon

Polícia de Derbyshire tingindo de preto a “lagoa azul” em Harpur Hill, Buxton

Lord Sumption também criticou a polícia de Derbyshire por ter “ envergonhado as nossas tradições policiais ”.

A força policial causou polêmica ao usar drones para impedir as pessoas de violarem as regras de bloqueio ao viajarem para áreas remotas para seus exercícios diários.

Eles mostraram imagens para envergonhar as pessoas que passeavam com cães no Peak District.

Os policiais também tingiram de preto a lagoa azul de Buxton de preto para desencorajar as pessoas a visitar a bela paisagem.

A polícia de Derbyshire usou drones para mostrar as pessoas que desfrutam de belas paisagens

A polícia de Derbyshire usou drones para mostrar as pessoas que desfrutam de belas paisagens

A polícia de Derbyshire usou drones para mostrar as pessoas que desfrutam das belas paisagens

Ele acrescentou: “ A tradição de policiamento neste país é que os policiais são cidadãos uniformizados, não membros de uma rigorosa hierarquia que opera apenas sob ordens do governo ”.

Porém, em algumas partes do país, a polícia está tentando impedir as pessoas de fazerem coisas como andar para se exercitarem em local aberto, apesar de não ser contra as regras, simplesmente porque os governantes disseram que prefeririam que não ”.

A polícia não tem poder para impor as preferências dos políticos, mas apenas as leis existentes que não são tão restritivas quanto as orientações do governo ”.

Eu tenho que dizer que o comportamento da polícia de Derbyshire em tentar envergonhar as pessoas que exercem seu direito incontestável de locomoção através do país para fazerem exercícios e destruindo belas paisagens nas colinas para que as pessoas não queiram ir para lá é francamente vergonhoso ”.

É assim que funciona um estado policial. É um estado em que o governo pode emitir ordens ou expressar preferências sem autoridade legal e a polícia nos obrigará a cumprir as vontades desses governantes ”.


Organização Mundial de Saúde enfrenta NOVOS pedidos para remover Tedros por ceder aos comunistas chineses em subestimar o surto de coronavírus

29/03/2020

Quinta, 26 de Março de 2020 porJD Heyes

https://www.naturalnews.com/2020-03-26-calls-to-sack-whos-tedros-for-caving-chinese-commies-coronavirus.html

Rorschabr
PlanetaPrisão
29 de Março de 2020

TedrosOMS

(Natural News) Alimentados pelo contínuo suporte do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, aos líderes chineses comunistas, inclusive ajudando a encobrir o desastroso surto de coronavírus de Wuhan, estão aumentando as solicitações à agência de saúde globalista para sua exoneração.

Conforme informado pelo Breitbart News, uma petição pedindo a demissão de Tedros e a inclusão de Taiwan como membro pleno na OMS alcançou mais de 500,000 assinaturas nesta Quinta, publicou o Taiwan News.

O jornal taiwanês publicou: 

Em 31 de Janeiro, um internauta chamado Osuka Yip iniciou uma petição intitulada “Pedido de exoneração de Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS” no Change.org, citando a recusa de Adhanom em 23 de janeiro em designar o coronavírus Wuhan (COVID -19) uma emergência de saúde global. O autor citou que ele tem sua parcela de culpa pelo número maior de casos de infectados, aumentados em dez vezes mais, de 800 para mais de 10.000, nos cinco dias seguintes.

Nós acreditamos fortemente que Tedros Adhanom Ghebreyesus não está apto para o cargo de Diretor Geral da OMS. Pedimos a renúncia imediata de Tedros Adhanom Ghebreyesus ”, diz a petição.

O documento aponta ainda que, apesar do suposto compromisso da agência internacional de saúde com a neutralidade política, é óbvio que Tedros estava fazendo o trabalho sujo para os comunistas chineses desde o início da pandemia viral.

Por exemplo, Tedros nunca contestou a taxa oficial de infecção por coronavírus da China de 81.226, ou o número de mortes ´confirmadas´ de 3.281 por vírus, apesar de vários relatórios terem constatado que as autoridades de saúde chinesas nas províncias subestimaram grosseiramente – e propositalmente – essa contagem. 

Ecomo informado pelo Natural News, os cúmplices da China na OMS, incluindo Tedros, atuaram substancialmente como propagandistas de Pequim repetindo a mentira de que o coronavírus não era tão ” contagioso “.

Enquanto isso, esse vírus ” não-contagioso ” infectou pelo menos meio milhão de pessoas em todo o mundo e matou mais de 24.000 até o momento.

Tedros como chefe de propaganda Chinês

Investigações preliminares conduzidas pelas autoridades chinesas não encontraram evidências claras da transmissão de humano para humano do novo #coronavírus (2019-nCoV) identificado em #Wuhan, #China”, twittou a OMS em meados de janeiro ”.

Obviamente, esse tweet depois ficou desacreditado.

Registre-se que, acrescenta o The Daily Caller, a mentira sobre as formas de transmissão não foi a única contada pelo regime comunista em Pequim. O governo informou que os primeiros casos do vírus foram registrados em meados de dezembro, mas depois fontes externas relataram que as autoridades de saúde chinesas estavam documentando e rastreando casos um mês antes, mas não relataram.

E tem mais.

O Taiwan News observou que o Ministério das Relações Exteriores do país alertou as autoridades da OMS sobre a capacidade de transmissão do vírus de humano para humano em 31 de dezembro, mas como o mundo trata Taiwan como uma província da China e não um país, ninguém ouviu. Cumplicidade com os comunistas faz parte da agenda.

” No entanto, a OMS não publicou as informações fornecidas em seu site e, em 8 de Janeiro, elogiou a identificação do vírus pela China sem recomendar nenhum procedimento específico para os viajantes”, observou o Taiwan News.

Além disso, Tedros atuou como chefe de propaganda de Pequim quando países como os Estados Unidos proibiram viagens para a China.

A China fez muitas coisas boas para desacelerar o vírus ”, disse ele no mês passado. “O mundo inteiro pode avaliar. Não é exagero”.

Ele insinuou que a proibição de viajar era “racista” e que sua implementação não apenas prejudicou a China economicamente, mas criou um “estigma”.

A propósito, quem acreditou nessa propaganda ? Essa é corrente da mídia americana, que é sempre rápida em apoiar regimes autoritários contra nosso presidente da ” América em primeiro lugar “.

De qualquer forma, Tedros provou repetidas vezes que o mundo não pode confiar em sua sinceridade quando se trata de expor a má conduta da China.

Fontes adicionais de informação:

NaturalNews.com

DailyCaller.com

Breitbart.com


Nova Iorque tornou-se a nova Wuhan: A Grande Maçã agora é o novo epicentro da pandemia global de coronavírus nos EUA

24/03/2020

Terça, 24 de Março de 2020 porJD Heyes

Rorschabr
PlanetaPrisão
24 de Março de 2020

(Natural News) De longe, a maioria dos casos do coronavírus Wuhan (COVID-19) na América tem acontecido nos estados ao longo das 2 costas, mas um deles – Nova Iorque – surge como o “epicentrodos EUA para a doença.

Conforme informado pela CNBC, a cidade de Nova Iorque agora responde por quase metade de todos os casos de coronavírus no país.

De acordo com a World Meters, que rastreia a disseminação do vírus nos EUA em tempo real, no momento em que escrevemos, há aproximadamente 25.000 casos de coronavírus no país; quase 12.000 deles em Nova York, onde foram diagnosticados nas últimas 24hs 3.247 novos casos.

Incluídos nesse total, informou a Financial News Network, estão 53 oficiais da polícia, segundo autoridades da cidade.

“Agora somos o epicentro dessa crise”, disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, a repórteres na Sexta, quando o número de casos confirmados era de apenas 5.200.

A CNBC acrescentou:
O prefeito disse que está avisando a população que a cidade ficará sem equipamentos de proteção para os profissionais da saúde em duas ou três semanas se os casos continuarem aumentando nesse ritmo.

“Se você sente medo, não está sozinho, se está ansioso, não está sozinho”, disse ele. “Os nova-iorquinos são muito fortes. Existem outros locais neste país que isto pode ser um grande abalo no sistema, mas aqui … somos pessoas resistentes por natureza.”

O prefeito ordenou aos nova-iorquinos para ficarem em casa na medida do possível, e que se precisarem sair devem ficar a um metro e meio de distância de outras pessoas. Ele também disse que, por enquanto, a cidade não permitirá eventos ou esportes em parques, embora as pessoas ainda possam utilizá-los.

Ao mesmo tempo o governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou uma medida de contenção semelhante para todo o estado. Ele disse sexta-feira acreditar que os casos de coronavírus provavelmente atingirão seu pico em cerca de 45 dias, embora a CNBC não tenha informado qual o fundamento para essa estimativa.

Essa é a ação mais drástica que podemos tomar

Enquanto os casos disparam na cidade de Nova York, as autoridades de saúde estão se esforçando junto as agências governamentais estaduais e locais para encontrar as camas hospitalares extras e os suprimentos necessários. Cuomo disse que acredita que eventualmente haverá cerca de 110.000 pessoas hospitalizadas no pico do vírus, mas o estado tem apenas 53.000 leitos hospitalares. (Relacionado6 maneiras naturais para fortalecer o sistema imunológico durante o surto de coronavírus. (Não traduzido))

Em sua ordem, Cuomo instruiu empresas não essenciais a manter 100% de seus funcionários trabalhando em casa. Ele também impôs novas e rigorosas restrições aos residentes de Nova York que começam no domingo.

Quando falo sobre a ação mais drástica que podemos tomar, essa é a ação mais drástica que podemos tomar ”, disse Cuomo em uma entrevista coletiva em Albany. “ Esta não é a vida a qual estamos acostumados. Aceite isso. Compreenda e lide com isso. ”

No geral, de acordo com The Epoch Times, mais de 70 milhões de americanos foram ordenados a permanecer em casa sob várias restrições e declarações de emergência emitidas por governadores e prefeitos de todo o país.

Reconheço plenamente que, em alguns casos, estou escolhendo entre salvar a vida das pessoas e salvar seus meios de subsistência ”, disse o governador de Illinois JB Pritzker na Sexta, quando emitiu uma ordem para que os residentes permanecessem em casa o máximo possível. “ Mas, no final das contas, você não pode ter um meio de subsistência sem uma vida. ”

As ações foram elogiadas pelo Dr. Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), durante uma conferência de imprensa em Washington.

Fomos bem sucedidos em fazer isso com a China e com a Europa. Agora temos os problemas nas fronteiras norte e sul ”afirmou.“ Há um motivo essencial à saúde pública para fazer isso, porque efetivamente não podemos impedir que as pessoas venham de uma área se não tiverem o acesso negado.

Fontes adicionais de informação:

TheEpochTimes.com

CNBC.com

NaturalNews.com


Médico israelense na Itália: não atendemos mais as pessoas acima de 60 anos

24/03/2020

Dr. Gai Peleg disse à televisão israelense que no norte da Itália as ordens são para que pessoas com mais de 60 anos não tenham acesso aos aparelhos de respiração.

https://www.jpost.com/International/Israeli-doctor-in-Italy-We-no-longer-help-those-over-60-621856

Jerusalém Post 23 de Março de 2020 18:56hs

Médico atendendo na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Jinyintan em Wuhan, epicentro do novo surto de coronavírus. Foto: REUTERS

Rorschabr
PlanetaPrisão
24 de Março de 2020

A Itália já teve mais mortes relacionadas ao coronavírus do que a China, com 4.825 confirmadas e 5.000 infectados nas últimas 24 horas, informou o Canal 12 no Domingo.

O médico israelense Gai Peleg, atualmente trabalhando para salvar vidas em Parma, na Itália, disse ao Canal 12 que as coisas estão piorando à medida que o número de pacientes aumenta.

Como seu departamento recebe pacientes com coronavírus que estão em estado terminal, o foco é permitir que os pacientes encontrem seus entes queridos e se comuniquem com eles durante seus últimos momentos, apesar das regras de quarentena. Outros relatórios afirmam que, à medida que o número de mortos aumenta, algumas famílias se vêem incapazes de garantir um enterro adequado para seus entes queridos.

Peleg disse que, pelo que vê e ouve no hospital, as instruções são para não permitir acesso aos aparelhos de respiração artificial a pacientes com mais de 60 anos, visto que são em um número limitado.

Atualmente, Israel está comprando milhares de aparelhos respiratórios e eles devem chegar ao país em meados de maio. No Sábado, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel está usando todos os meios necessários para garantir equipamentos médicos para ajudar os pacientes durante a pandemia.

Ele acrescentou que todos os serviços de saúde do mundo enfrentam escassez devido à natureza rápida e inesperada do surto de COVID-19.


Os cidadãos desobedecem a proibição de armas de fogo na Nova Zelândia – somente 530 de 300.000 pessoas devolveram suas armas

21/06/2019

Após a Nova Zelândia proibir as pessoas de possuírem armas em resposta ao terrível tiroteio em Março, a grande maioria recusa-se a cumprir a lei.

Por Matt Agorist , 6 de Junho de 2019

Artigo original

Em março, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou a primeira de uma série de medidas para restringir os direitos dos cidadãos da Nova Zelândia de se protegerem com armas de fogo. Essa atitude foi uma resposta direta aos horríveis assassinatos ocorridos no dia 15 de março. Coincidentemente, essa é a atitude exata que o terrorista responsável pelos ataques tinha previsto e esperava. No entanto, a boa notícia é que a maioria dos cidadãos se recusa a entregar suas armas.

O terrorista que assassinou 50 pessoas no início deste ano empenhou-se em uma clássica ação de propaganda de seus atos, ele previu – acertadamente – que seu assassinato provocaria restrições ao direito de posse de armas. Os legisladores morderam a isca.

“No dia 15 de março, nossa história mudou para sempre. Agora, nossas leis também,” disse Ardern enquanto fazia a vontade desse terrorista. “Estamos anunciando hoje ações em nome de todos os neozelandeses para fortalecer nossas leis sobre armas e tornar nosso país um lugar mais seguro.”

“Estamos proibindo hoje coisas usadas no ataque da última Sexta-feira” , disse ela, acrescentando: ”É de interesse nacional, trata-se de segurança e interesses coletivos.”

No entanto, segundo uma nova reportagem do NZ Herald, os cidadãos sentem-se “mais seguros”, possuindo suas armas.

Estima-se que cerca de 250.000 pessoas na Nova Zelândia possuam armas semi-automáticas, recentemente proibidas. Calcula-se que esses 250 mil proprietários de armas – transformados em criminosos da noite para o dia pelo governo – possuem cerca de 300 mil armas de fogo.

Desde que o governo tentou desarmar essas 250.000 pessoas, apenas 530 armas foram entregues.

Autoridades do governo estão atribuindo o baixo índice de entrega aos cidadãos que querem ser devidamente ressarcidos por suas armas. No entanto, a situação é provavelmente muito mais complexa.

“Se eles estão sendo sinceros sobre suas preocupações e garantirem uma compensação justa e razoável, os donos de armas de fogo vão esperar um pouco mais para ter certeza quando forem ressarcidos” disse ao NZ Herald, a Secretária do Conselho de Proprietários de Armas de Fogo Licenciadas, Nicole McKee,

“Estamos de fato sendo punidos pelos atos de um terrorista estrangeiro, e queremos ter certeza de um justo ressarcimento pelo confisco de nossa propriedade pessoal e privada”, disse ela.

Mas é provável que essas pessoas realmente não queiram desarmarem-se, pois essa é sua única defesa contra esses terroristas. As pessoas certamente não querem ter suas armas confiscadas sem uma compensação. No entanto, não há quantia em dinheiro que possa compensar alguém para ficar indefeso.

Como o TFTP 1 já informou antes, dependendo da tendência do governo, a vida em sociedades desarmadas pode continuar pacificamente por um tempo. No entanto, em alguns casos, milhares de cidadãos – homens, mulheres e crianças – são assassinados quando governantes corruptos e criminosos são os únicos com armas.

Até quando o controle de armas parece funcionar a curto prazo, os bodes expiatórios nunca estão satisfeitos. Atualmente no Reino Unido, políticos estão apontando facas como “armas perversas” que nenhum cidadão cumpridor das leis tem necessidade de utilizar.

Basta colocar armas nas mãos de pessoas do bem para equilibrar o jogo contra as pessoas do mal armadas. É simples assim. Como esse trágico caso explica, bandidos sempre obterão armas, mesmo com leis proibindo.

A atitude protecionista de tirar armas de cidadãos obedientes à lei no intuito de mantê-las fora do alcance de criminosos é ineficaz, egoísta, unilateral e ignora não apenas os benefícios de uma sociedade armada mas também a própria História. E serve apenas para facilitar a opressão em cima dos que não podem defender-se.

Sem dúvida é uma ideia espetacular poder viver em um mundo sem armas mas não é assim que funciona na prática. Enquanto não funcionar, qualquer um que intente proteger a si e a sua família deve estar apto para fazê-lo da maneira que melhor entender – já que a única outra opção é uma ditadura.

1 Não existe referência no artigo original, acredito que o autor refere-se ao Terrorist Finance Tracking Program (TFTP)
https://home.treasury.gov/policy-issues/terrorism-and-illicit-finance/terrorist-finance-tracking-program-tftp


A Implantação do Estado Policial no Rio de Janeiro XVIII

01/11/2017

Quais as verdadeiras razões da Ocupação das Favelas ?

Parte 17 –

A EXTINÇÃO DA PM-RJ

Rorschachbr
PlanetaPrisão
01 de Novembro de 2017

A extinção da Polícia Militar do Rio de Janeiro é questão de tempo.
Não significa a anarquia total na área de segurança pois já estão em curso as mudanças para a substituição dos policiais por tropas federais.

A razão é principalmente de ordem econômica, essa corporação é um dos maiores ralos da verba do governo estadual. É claro que podemos relatar os vários recentes escândalos de corrupção e afirmar que existe dinheiro para a polícia. Mas também não se trata dessa perspectiva. Estou me referindo a inutilidade da corporação se analisarmos a crua realidade:

A POLÍCIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO É UMA ENTIDADE QUE SERVE AO MAL

 

Continua…